Anunciar no Google Ads pode ser a sacada que falta para que seu negócio comece a deslanchar de vez. No entanto, será necessário algum conhecimento sobre os recursos da plataforma para que suas campanhas alcancem o resultado desejado.

Muitos anunciantes acham que é só programar um anúncio qualquer, colocar uma verba alta e pronto, começará a ter um retorno de investimento do dia para a noite e não é assim que funciona.

O Google Ads é uma plataforma incrível de links patrocinados, porém é necessário estudar um pouco a concepção da formação dos anúncios antes de começar a veicular sua campanha.

Entenda que o que vai ditar o sucesso de seus anúncios é o quão interessante eles estão sendo para o seu público alvo, pois são eles que precisam demostrar interesse pelo que você está anunciando, clicar e converter, concorda?

Logo, fazer uma segmentação assertiva é fundamental para alcançar esse objetivo e conseguir passar sua mensagem à usuários que tenham real interesse em sua oferta.

 

Dicas de Segmentação por dispositivo no Google Ads

 

O Ads possui algumas opções de segmentação bastante úteis para você que quer deixar a sua campanha mais alinhada com o interesse do usuário.

Uma dessas opções é a segmentação por dispositivo e é sobre ela que o blog do Mestre do Ads vai falar nesse material!

Vamos lá?

 

Como funciona a segmentação por dispositivo?

Sabemos que hoje o usuário não está preso em uma tela somente, pois ele tem em mãos diversos dispositivos que facilitam a utilização da internet e o consumo de informação.

Então, ele transita facilmente de um dispositivo para outro. Em um momento está no notebook, em outro no desktop, logo depois usando o seu smartphone ou o tablete. E mais, quando falamos de dispositivos móveis, ainda temos a opção de navegabilidade através do sistema Androide e do IOS.

Já deu para perceber que as opções são muitas e, por isso, a segmentação por dispositivo precisa acontecer, caso contrário o seu anúncio não será exibido ou pior, será exibido com erros.

Quando você optar pela segmentação por dispositivo, você estará garantindo que o formato de seus anúncios fique de acordo com a tela exibida e com o sistema operacional que o usuário está utilizando.

Para anúncios no mobile é possível escolher a opção de utilização em navegadores para quando a pessoa utilizar a rede de pesquisa ou rede de display as suas campanhas sejam exibidas. Ou ainda, em smartphones o uso de aplicativos é uma segunda opção para que a publicidade seja exibida.

Quando a segmentação por dispositivo não é feita de uma maneira assertiva, uma quantidade enorme de cliques inválidos é gerada, principalmente para acessos via mobile. Isso acontece porque a tela do aparelho é muito menor, então quando não existe a preocupação de otimizar o tamanho desse anúncio, o usuário acaba clicando sem a intenção, entende?

 

Exemplificando o uso da segmentação por dispositivo

Vamos supor que você tem uma loja online que vende produtos para a 3º idade. Então, você percebe que a maioria de seu público alvo consome o seu conteúdo através do desktop, pois é de lá que vem a maioria dos seus acessos.

Sabendo dessa informação não existe nenhuma necessidade de anunciar para outro tipo de dispositivo, pois seu público não irá consumir e você gastará verba desnecessariamente.

A figura já muda quando você percebe que mais da metade dos cliques de seus anúncios vem do mobile. Isso indica que boa parte de seu público alvo está ali, então você deve redobrar os investimentos nesse dispositivo para melhorar, ainda mais seus resultados.

Entenda que, antes de escolher o melhor dispositivo para anunciar, você precisará colocar a campanha para rodar, pois só dessa forma você terá uma métrica mais precisa e poderá saber o melhor local de investimento.

Nosso conselho é que, se você nunca anunciou, inicie fazendo um teste de baixo investimento. Crie diferentes campanhas e analise seu comportamento dia a dia, pois dessas informações você tirará as respostas que tanto precisa.

 

Dicas de Segmentação por dispositivo no Google Ads.

 

Com o passar do tempo e depois de alguns testes, vai notar que existem algumas campanhas que rodam muito bem no mobile e outras que simplesmente não convertem, então não vale nem a pena trabalhar com ela.

Esperamos que você tenha entendido como funciona a segmentação por dispositivo. Resumindo, ao escolher a segmentação por dispositivo o Google Ads exibirá seus anúncios para o público certo de acordo com os horários, o local e o dispositivo que você escolher.

 

Dicas de segmentação para celulares (A número 5 é sensacional!)

Se você não fizer a escolha de segmentação por dispositivo, a plataforma do Google Ads vai entender que ele deve fazer a exibição para todos os dispositivos e isso poderá consumir seu orçamento mais rapidamente.

Para que isso não ocorra, o mais interessante é criar uma campanha focada em cada dispositivo, dessa forma é possível aplicar todas as particularidades referentes ao local.

Para te ajudar, o blog do Mestre do Ads preparou algumas dicas para que você tenha melhores resultados na segmentação para dispositivos móveis.

 

Dicas de Segmentação por dispositivo no Google Ads,

 

Veja:

  1. Em celulares, normalmente a digitação não é tão confortável como no teclado do computador, concorda? Então, dificilmente o usuário vai digitar termos grandes ou frases compridas no momento de fazer a busca. Lembre-se disso na hora de escolher as palavras chaves para os seus anúncios. Tente sempre usar termos de pesquisas mais curtos e objetivos;
  2. As chamadas para ação em campanhas de celulares funcionam muito bem, então em seus anúncios sempre use a extensão de “ligue agora”, “ver endereço” e o que mais facilite essa busca de informação que o usuário do mobile tanto procura;
  3. A maioria dos anunciantes ainda não utilizam campanhas para mobile, pois muitos acham que a conversão não é boa. Obviamente, a concorrência ainda é mais baixa do que no desktop, porém o próprio Google já informou que os acessos via mobile e via desktop já se equipararam no último ano. Logo, aproveite a oportunidade para pagar valores menores nos lances;
  4. Campanhas de produtos locais para mobile convertem muito bem, principalmente para quem tem estabelecimento físico e quer atrair os clientes para sua loja ou restaurante. Então, descubra uma forma de atrair esses usuários;
  5. Essa dica é uma sacada de mestre! Quer melhorar seus resultados e se fazer presente com seus anúncios para celulares? Então, aumente seu lance em horários que as pessoas estão usando mais os smartphones. Como saber isso? Claro, nos horários de pico enquanto elas estão presas no trânsito ou voltando para casa, no fim de tarde e logo pela manhã, no horário de almoço e obviamente, aos fins de semana;
  6. Ao segmentar uma campanha para celular, certifique-se de que ela está apenas para smartphones e não engloba o tablete também. Isso porque, alguns estudos já comprovam que o comportamento do usuário no tablete é muito parecido com o do computador;
  7. Use a chamada para ação “Compre direto aqui”, funciona muito bem;
  8. Para não consumir sua verba, certifique-se de escolher horários específicos para anunciar em aplicativos.

 

Com essas dicas, seus anúncios irão ter resultados sensacionais! Faça o teste e volte aqui para contar para nós como foi a sua experiência!

Agora que você já sabe tudo sobre a segmentação por dispositivo é hora de colocar todo esse conhecimento em prática e começar a entender as particularidades de seu negócio e de seu público alvo.

Qualquer dúvida que surja durante os seus estudos, lembre-se de nós! Estaremos aqui para lhe ajudar no que for preciso!

Até a próxima!

Compartilhar.