Você tem uma marca e está pensando qual a melhor forma de rentabilizar seus anúncios para que eles possam aparecer para uma audiência qualificada e em canais que gerem interesse? Então, aposte em anúncios na rede de display do Google.

Vemos que frequentemente há perguntas mais ou menos assim:

  • Onde os anúncios podem ser exibidos na Rede de Display?
  • Se eu anunciar nessa modalidade terei os resultados que tanto estou esperando?

Bom, vamos imaginar que você tem um blog voltado para o universo fitness e que já gere muito conteúdo e até faça a venda de suplementos em seu site, porém você quer alcançar uma maior quantidade de tráfego, ok?

Você tem duas opções:

  1. Trabalhar posicionamento na busca orgânica do Google que lhe garantirá aparecer nas primeiras páginas, se conseguir otimizar adequadamente seu conteúdo, a usabilidade de seu site e diversos outros pontos cruciais para um bom ranqueamento;
  2. Ou você pode escolher anunciar e acelerar o processo de aumento de tráfego, já que você irá fazer publicidade dentro de uma das maiores redes do planeta que é o Google.

Ouvimos muitas perguntas sobre qual é a melhor opção a escolher e é bastante difícil afirmar que uma é melhor que a outra, pois verdadeiramente não é.

 

Onde os anúncios podem ser exibidos na Rede de Display.

 

O que acontece é que são dinâmicas totalmente diferentes de trabalho. Para atrair tráfego orgânico será necessário construir uma base sólida e ter paciência para ver seu público ser construído e atraído. O que já não acontece com o trabalho com links patrocinados, pois você está pagando para anunciar, então o Google precisa exibir seu anúncio em algum lugar da rede.

Nossa dica: Faça ambos os formatos e construa seu império, dessa forma você conseguirá ter uma base sólida.

Só que hoje viemos aqui para falar exatamente sobre onde os anúncios podem ser exibidos na rede de display e, como sempre, iremos cumprir com êxito essa missão.

Nos acompanhe nesse aprendizado!

 

Afinal, onde são exibidos os anúncios da Rede de Display?

O Google tem um programa de publicidade próprio que permite que os anunciantes que utilizam o Google Ads para anunciar tenham seus anúncios exibidos em sites e blogs de parceiros.

Não é qualquer um que consegue associar-se a esse programa, pois é necessário cumprir regras e normas muito rígidas sobre o formato de exibição de anúncio, o tipo de conteúdo, a experiência do usuário e até mesmo a qualidade da informação que é postada, pois uma das ações que geram muitas punições no sistema é o conteúdo plagiado.

Saiba que são mais de 2 milhões de sites cadastros para exibição de anúncios na rede de display e que mais de 90% dos usuários consomem conteúdo por essa rede, então as chances de obter excelentes resultados com essa opção são fantásticas.

O único detalhe é que você precisará aprender a segmentar de forma eficiente os seus anúncios, afinal o público é gigantesco, as opções variadas e se você não direcionar, a impressão não irá conseguir obter os resultados que almeja.

Sabemos que você quer saber mesmo onde serão os locais de exibição para essa modalidade, não é mesmo? Pois bem, então vamos lá:

  • Todas as redes de sites do Google, exceto o Google Web Search. Então, Youtube, Blogger, Google Finance e etc;
  • Sites dos diretos de DoubleClick Ad Exchange;
  • Sites que forem aprovados no programa de publicidade do Google.

Agora, você sabe exatamente onde os anúncios podem ser exibidos na rede de display do Google, no entanto, para conseguir atingir esse objetivo de forma assertiva, a segmentação do anúncio é fundamental.

 

Formas de segmentação de anúncios na rede de display do Google

A rede de display te dará diversas opções de segmentação para exibição de anúncios, com isso, caberá a você escolher a opção que melhor atende o objetivo de sua campanha.

Só que antes de fazer essa escolha é fundamental que você entenda a usabilidade e eficiência de cada canal, por isso dividimos em 3 tipos de segmentação com seus respectivos canais.

Venha conferir!

 

 

atrair tráfego orgânico..

 

Segmentação por público alvo

Nesse formato de segmentação você irá exibir seus anúncios filtrando pelo tipo de pessoa que tem interesse no que você está oferecendo, então você terá a opção de:

  • Público alvo por afinidade: É aquele público da grande massa, a mesma que é alcançada pela televisão aberta. Com esse tipo de utilização, você conseguirá exibir seus anúncios para uma infinidade de pessoas. Dentro dessa opção ainda, é possível a utilização do público alvo por afinidade personalizada que é quando você já consegue afunilar os interessados em sua marca. Há ainda uma última opção que é a público alvo de mercado que é a exibição para usuários que já compram produtos nas mesmas categorias que o seu;
  • Informações de localidade: Com a utilização de informações de local é possível exibir e segmentar seus anúncios apenas para usuários que estejam dentro do perfil de local que você escolher. Essa pode ser uma boa alternativa para quem tem demandas especificas para determinados públicos alvos de uma região;
  • Remarketing: O Remarketing é uma opção muito boa e deve ser implementada em qualquer campanha Google Ads, pois ela permite impactar uma segunda vez usuários que já tiveram contato com sua marca, isso dará uma nova possibilidade de conversão. Enquanto ela estiver acessando outros sites da rede de display, o seu anúncio ficará sendo exibido nos locais de publicidade pré programados.

 

Segmentação por canal

Esse é um formato de segmentação muito interessante, principalmente, para anunciantes que atuam em um segmento específico e querem anunciar em um local onde já sabe que o seu cliente passa muito tempo, com isso, fará que sua marca seja exibida para um público alvo extremamente quente.

Você conseguirá fazer essa segmentação através dos chamados canais gerenciáveis que está disponível dentro da sua plataforma do Google Ads. Dessa forma, é possível escolher a exibição em um determinado canal, em um aplicativo em especifico ou qualquer outra plataforma disponível que seja de interesse.

 

Onde os anúncios podem ser exibidos na Rede de Display

 

Segmentação contextual

Quando você opta pela segmentação contextual, você está permitindo que o Google faça uma compatibilização entre o conteúdo de seu anúncio e o do site pelo qual seu anúncio será exibido. Isso irá permitir que a contextualização fique perfeita entre o tema do seu anúncio e o abordado no site em questão.

Há 2 formas de utilização desse formato:

  • Por palavra-chave: O que o Ads irá fazer é uma comparação entre as palavras-chave que estão sendo usadas em seu anúncio e as que estão dentro do local de exibição, tendo uma afinidade entre palavras, seu anúncio será exibido;
  • Por tópico: Quando é feita a opção por tópico é como se você dissesse ao Google Ads qual a categoria do tipo de site que você quer que seus anúncios apareçam, por exemplo, Automóveis e Carros ou Tecnologia. Ao fazer essa escolha, você terá uma lista de opções para liberar.

 

Bom, agora você tem domínio sobre onde os anúncios podem ser exibidos na rede de display, porém ainda fica um detalhe em aberto: Sempre que tiver uma campanha rodando, observe se existem determinados sites e blogs que estão enviando tráfego ruim ou um alto índice de cliques inválidos, pois você tem a opção de bloquear a exibição nesses canais.

Ficou alguma dúvida?

Escreva pra gente!

Esperamos te ver em breve.

 

Compartilhar.