Você ainda tem dúvidas sobre o que é uma nutrição de leads e qual a melhor forma de fazê-la, pois então pode ficar tranquilo que você, finalmente, achou o que estava procurando.

Já comentei outra vez que a propaganda é a alma de um negócio, isso porque para que você consiga alcançar boas taxas de conversão, seu público alvo precisa te conhecer e saber os produtos e serviços que você comercializa, concorda? Também, já tive a oportunidade de falar sobre lead, ou seja, pessoas que estão pré-dispostas a comprar de você, pois já despertaram o interesse pela sua marca, você se lembra disso?

Então, ao receber uma enxurrada de contatos solicitando dicas para fazer uma boa nutrição de leads, achei que o momento de se aprofundar um pouco mais nesse assunto havia chegado, uma vez que, sua complexidade é um pouco maior, porém é uma cartada que pode te fazer converter muito mais.

Preciso ser sincero com você nesse aspecto, pois sei que muitas pessoas acompanham meu canal e seguem minhas dicas. Fazer uma boa nutrição de leads não tem um segredo ou uma  maneira certa, pois cada modelo de negócio tem uma persona diferente, ou seja, o que pode dar muito certo para uma loja virtual de games, pode já não dar para uma loja de artigos esportivos, entende? Isso porque, quem define o sucesso é o seu público alvo, seu cliente, por isso você terá que descobrir a forma certa de se comunicar com ele.

Visando minimizar esse problema, encontrei um denominador comum! Você pode estar se perguntando: “O que o Tiago está falando? Não estou entendendo mais nada!” Calma, Calma.. Quando falo que encontrei um denominador comum é porque encontrei uma forma de te dar dicas que podem ser aplicadas na grande maioria dos modelos de negócios. Se você me acompanha, deve saber que tenho diversos projetos e estou sempre buscando um desafio novo, sendo assim já trabalhei diversas estratégias de nutrição de leads.

 

Como fazer uma boa nutrição de leads.

 

Tenha sempre em mente que meu objetivo maior é ajudar você e estar presente como um “professor” nos momentos de dificuldade. Sendo assim, esteja certo que pode contar comigo no momento em que precisar. Estou sempre de olho em todos os comentários desse blog, respondendo e-mails e mensagens em rede social. Faço questão de fazer isso pessoalmente, pois acho extremamente importante nosso contato.

Como dito acima, esse conteúdo é um pouco mais avançado e teórico, sendo assim se durante a leitura alguma dúvida surgir, não pense duas vezes em entrar em contato comigo, tudo bem?

Estão preparados para iniciar mais um conteúdo sensacional? Então, vamos juntos novamente?

 

Dicas para Fazer uma Boa Nutrição de Leads

Antes de começar a ensinar um passo a passo bem prático para que você consiga fazer uma nutrição de leads que dê resultados, preciso que você tenha em mente a importância dessa tarefa. Noto que muitas marcas e empresas acabam se preocupando muito mais em conquistar novos clientes, criar uma lista de e-mails gigante do que fazer com que realmente comprem de você.

Não estou falando que é preciso focar 100% na venda, de forma alguma, no entanto a conversão de forma geral é o objetivo final de todo empreendedor. Quando se pensa em lead é preciso ter claro que quantidade não importa muito, uma vez que, você precisa ter pessoas engajadas e realmente interessadas no que você tem a oferecer, senão será apenas volume e perda de tempo, entende?

Fazer a nutrição  de leads é ter a certeza de que aquele contato já está preparado para avançar o nível em seu funil de vendas, o que quer dizer que ele já está pronto para executar a ação de compra.

Já para começar a passar dicas excelentes, quero que você grave as 4 etapas principais de uma boa nutrição de leads, pois elas são fundamentais para a criação de uma estratégia de qualidade.

 

Como fazer uma boa nutrição de leads

 

São elas:

  1. Aprendizado: O Aprendizado é a primeira etapa, o contato inicial onde você e o lead começam a se conhecer. É o momento de começar a ensinar a ele seus valores, suas premissas de trabalho e a forma com que funcionam os processos.
  2. Entender o Problema: Essa segunda etapa é a hora de começar a se aprofundar e entender quais são as dores de seu lead e assim, tentar encontrar soluções que sejam interessantes a ele.
  3. Considerar a Solução: Chegou o momento de apresentar a solução que mais tem a ver com a sua persona e assim, ativar o gatilho mental de desejo, de interesse na compra.
  4. Avaliação e Compra: Essa é a etapa final, seu lead já está quente, está pronto para comprar, pois já avaliou todos os prós e contras, logo já está certo de que você irá ser a melhor solução na vida dele.

Pronto, agora você tem em mãos os quatro principais passos para trabalhar a sua estratégia de nutrição de leads. No entanto, não vamos parar por aqui, quero ensinar você a como fazer uma boa nutrição de leads.

Vamos lá?

 

Fazendo uma Boa Nutrição de Leads

O processo de nutrição de leads por si só é muito fácil, isso porque o e-mail é o veículo de utilização principal para a comunicação. No entanto, o grande problema está na elaboração da sequência de e-mails que deve ser criada para enviar a esse lead, ou seja, o ponto é a criação da estratégia de envio desses e-mails.

Quero te ensinar um pouco do passo à passo que utilizo para fazer a nutrição de leads de meus projetos.

 

1º Passo: Objetivo

Para começar você precisa ter um objetivo em mente de acordo com o seu negócio. Sendo assim, o que você quer? Você quer aumentar suas vendas de fim de ano? Quer que as pessoas baixem um aplicativo criado por você? Quer ensinar a utilizar um programa? Quer vender um curso? Isso precisa ser definido logo no primeiro momento, pois será o foco de toda a estratégia.

 

2º Passo: Público Alvo

Nesse momento é a hora de definir a persona de seu projeto, ou seja, quem é o seu público alvo, quais são seus interesses, seus hobbys, suas principais dores.

Lembre-se que você não pode atingir todo mundo, sendo assim você precisa fazer uma segmentação de qualidade para que você alcance seu objetivo final.

 

3º Passo: Entrega de Valor

Em todo o e-mail, você precisará enviar um conteúdo de qualidade para gerar valor ao seu produto ou serviço. Sendo assim, você pode avaliar o que você já tem pronto e enviar para seus leads, ou então pensar na possibilidade de criar novos.

Estes conteúdos podem ser ebooks, infográficos, vídeos ou mesmo artigo. O importante é que esteja dentro da proposta de valor de seu nicho.

 

Como fazer uma boa nutrição de leads,

 

 

4º Passo: Tempo

Esse é o ponto que percebo que os empreendedores têm mais dúvidas, pois não existe uma maneira certa de definir tempo. Eu costumo planejar um tempo de execução X, pode ser 15 dias ou 10 dias, o importante é que você consiga dividir o tempo de uma forma que você não precise mandar e-mails de forma cansativa, entende?

Procure sempre dar uma pausa de um e-mail para outro, de 2 dias em média. Assim, seu lead não acha que você está sendo “chato” e ao mesmo tempo não fica frio.

 

5º Passo: Preparação dos E-mails

Cada e-mail enviado terá um texto equivalente com o que você vai entregar. Sendo assim, já deixe preparado todo o material escrito com antecedência, assim você tem calma para revisá-lo sem prejudicar a sua estratégia de tempo.

É importante que o conteúdo do e-mail seja bem interessante e na linguagem que seu público alvo gosta.

 

Pronto, agora é só se preparar para disparar! Vale lembrar que é preciso acompanhar a taxa de abertura de cada e-mail enviado para que assim, você possa medir os resultados e corrigir possíveis erros que venham acontecendo.

Sempre bato na tecla de que testar é fundamental para o sucesso de seus negócios e aqui não é nada diferente, tudo bem?

Espero que tenha gostado desse material.  Quero te ver em breve!

Até a próxima!

Compartilhar.

Uma semana de aulas ao vivo para você aprender a vender mais com anúncios no Google, Facebook, YouTube e Instagram - As maiores ferramentas de vendas da internet.

Cadastre-se abaixo para participar: