Muitos anunciantes tem o interesse em investir em Facebook Ads, porém como ainda estão iniciando o seu novo negócio possuem um orçamento limitado com poucos recursos, no entanto já têm o entendimento que a publicidade é o que fará o seu negócio crescer rapidamente e se posicionar bem no mercado.

A partir desse momento, as dúvidas começam a surgir:

  • Será que devo cortar de outras frentes para investir em Facebook Ads?
  • Será que pego um empréstimo?
  • Ou então, será que é melhor iniciar em um outro momento, quando tiver dinheiro em caixa disponível?

O grande e mais difícil passo você já deu que é tomar a decisão de ter o seu próprio negócio. Só que com isso, você terá que colocar muita coisa para funcionar, tudo dentro de suas possibilidades e, os anúncios, precisam estar incluídos como parte importante do processo.

Sabendo dessa importância, o blog do Mestre do Ads irá te explicar tudo sobre como é possível investir em Facebook Ads sem gastar muito. Isso irá te ajudar a mensurar os seus gastos e até mesmo, fazer um planejamento mais eficiente para ter resultados de qualidade.

Todos prontos para começar?

Então, vamos lá!

 

Invista em Facebook Ads sem gastar muito

 

Quanto pago para anunciar no Facebook Ads?

Valores… Quem está começando precisa colocar tudo na ponta do lápis, afinal um único deslize pode colocar tudo a perder ou então, fazer com que você volte em um caminho do qual já conquistou, por isso vamos logo falar de quanto custa anunciar no Facebook Ads.

Só que antes de falarmos em custo, você precisa entender como ocorre a precificação, pois não é um valor fixo como um guest post, um anúncio no rádio ou na televisão. Os valores irão variar de acordo com seu objetivo, estratégia, local onde deseja que eles sejam exibidos e até mesmo, o tempo que você estabelecer para ter sua campanha no ar.

Basicamente, as campanhas do Facebook são cobradas por 2 modalidades:

  • PPM: O PPM é o nosso conhecido custo por mil, ou seja, CPM. Nesse tipo de cobrança, você pagará após o seu anúncio ter mil impressões. Ele não precisa ser clicado, porém ao ser exibido, será visto e é uma estratégia de fortalecimento e posicionamento de marca incrível;
  • PPC: Também nosso velho conhecido, CPC, custo por clique. Para quem está começando essa é a melhor modalidade, pois além de controlar o investimento, permite que você pague apenas quando o seu anúncio tiver uma interação, isso mostra que o seu público alvo tem feito contato com seu material.

Para você ter uma noção de valores, se trabalhar com a modalidade PPM, você pode conseguir um valor de R$0,40 a cada mil impressões, o que apresenta um custo muito baixo se comparados à publicidade em jornais ou na televisão.

A utilização do CPC te dará um valor ainda mais baixo de investimento, pois é você quem definirá o quanto quer pagar por clique. Só é preciso ficar atento para o lance, para ver se o valor por clique está compensando o valor do investimento.

Se você curtiu a ideia de trabalhar com mil impressões, certifique-se de fazer a segmentação assertiva de seu público alvo, senão seu orçamento será desperdiçado com um público que não tem interesse no que você está exibindo e isso pode prejudicar os seus resultados e até mesmo o seu investimento.

Tenha a atenção de pausar a campanha em períodos em que a maioria de seu público está fora da rede e de criar modelos de anúncios focados na persona, isso irá lhe ajudar a ter resultados mais expressivos com conversões mais altas.

Já que falamos em segmentação no Facebook, vamos ver um pouco mais sobre esse assunto!

 

Invista em Facebook Ads sem gastar muito..

 

Alcance dos anúncios no Facebook

Você já deve ter entrado no Facebook e percebido que estão sendo exibidos anúncios que não tem nada a ver com seu interesse e nem com o seu perfil, não é mesmo? Isso tende a ocorrer cada vez menos, até porque a empresa tem trabalhado arduamente para desenvolver métodos de só exibir conteúdo de interesse, no entanto situações assim ainda acontecem.

Quando anúncios caem em seu feed de notícias de forma equivocada, significa que o anunciante não segmentou direito a sua campanha e está perdendo dinheiro com você, uma pessoa da qual não tem qualquer interesse em seu produto ou serviço.

  • Você não quer que isso ocorra em suas campanhas, não é mesmo?

Já tem um bom tempo que a plataforma permitiu segmentar os anúncios por ocupação e finanças, o que já apresenta números bem interessantes nos resultados.

Então, o primeiro passo para investir no Facebook Ads sem gastar muito é focar no público que você pretende atingir. Só isso fará com que você tenha resultados que superem o valor investido.

Evite tudo que por generalizado, pois a quantidade de usuários dentro do Facebook é gigantesca e só cresce mais a cada dia, então se você tentar exibir seus anúncios na sorte, o resultado, certamente, será um imenso desastre.

Existem 2 formas básicas de segmentar o público dos anúncios e, assim, não gastar dinheiro a mais exibindo campanhas à pessoas que não tem interesse. São eles:

 

Criar audiência Looklike

Esse é um método bastante interessante, pois irá criar um público alvo parecido com o que você já tem nas suas listas. É como se você pegasse as características das pessoas das quais já foram alcançadas por seus anúncios e usasse essas informações para exibir para usuários com o mesmo perfil.

É preciso que você entenda que esse público será bem menor do que a sua lista atual, porém será altamente segmentado, afinal são batidas as características comuns o que dá uma porcentagem de 99% de semelhança.

Tome bastante cuidado com esse tipo de campanha, pois ela pode ser a solução de seus problemas ou um grande desastre.  Então, para não ter surpresas desagradáveis, teste. Segmente o público e coloque para rodar uma campanha, sempre acompanhando as métricas e comportamento, desse modo será possível identificar se está falando com o público certo ou não e daí, tem a opção de continuar com a exibição ou pausar.

 

Invista em Facebook Ads sem gastar muito.

 

Criando um público customizado

Nesse formato, você irá criar um público que tenha interesse no que você está oferecendo. É o primeiro passo para segmentar seus anúncios.

Criamos um passo a passo que irá te ajudar:

  1. Utilize o Power Editor no seu Facebook;
  2. Encontre a opção público personalizado e importe a sua lista de contatos, e-mails, inscritos de ferramentas de automação que você já utilize, como o e-mail marketing, página de captura e etc;
  3. Escolha a opção segmentar por público personalizado;
  4. Uma página se abrirá na sua frente para o preenchimento de algumas informações;
  5. Clique em salvar.

Feito isso, você irá anunciar apenas para um público que já comprou de você, que se cadastrou em sua lista, baixou sua isca, preencheu seu formulário, ou seja, já sabe quem você é, pois já teve o primeiro contato, logo as chances de conversão são muito maiores.

 

Prontinho, agora você está preparado para anunciar no Facebook sem gastar muito dinheiro, afinal estará direcionando a sua campanha para um público alvo que tem interesse e, com isso, conquistará uma taxa de conversão alta.

Aproveite para tirar dúvidas sobre o assunto, estamos aqui para ajudar você.

Até mais!

Compartilhar.