Não é novidade para ninguém que o Facebook veio mesmo para ficar no mercado de marketing.

Com mais de 1 bilhão de contas ativas e alto faturamento em publicidade, a rede social se tornou uma das ferramentas de marketing mais poderosas da atualidade, chegando a competir fortemente com o Google Ads.

Apesar de serem ferramentas similares no objetivo, é claro que o Facebook continua sendo uma rede social, atraindo e captando usuários característicos à plataforma.

Isso quer dizer, pessoas que são captadas pelo despertar do interesse, geralmente, bem no topo do funil de vendas, enquanto o Google capta usuários mais no meio e no fim do funil de vendas, ou seja, potenciais consumidores que já estão preparados para converter.

  • Porque estamos falando tudo isso?

É muito simples! Porque parece que o Facebook está se movimentando para conseguir ainda mais espaço nesse setor.

A briga por espaço certamente ficará mais intensa nos próximos anos e prova disso são as “melhorias” e novos recursos que o Facebook vem apresentando em sua plataforma de marketing.

Recentemente, a marca divulgou que novos formatos de anúncios seriam disponibilizados em suas plataformas, tanto o Facebook quanto o Instagram.

Quem pensou que ia demorar para ver outra atualização ou novidade desse tipo partindo do mesmo lugar, se enganou totalmente.

A verdade é que enquanto ainda estamos desfrutando e testando o que foi anunciado, os profissionais do Facebook já estão com atualizações engatilhadas.

Se você trabalha com a plataforma, então já pode começar a se preparar para mais uma novidade, pois vem atualização dos recursos por aí.

Quer saber de tudo? Então pode ficar tranquilo que, nós, do Mestre do Ads, vamos te contar tudo.

Vem com a gente!

 

Monetização-do-Facebook

 

#O que esperar do projeto do Facebook similar à monetização do Youtube?

Você deve estar bem ansioso, tentando entender o que essa nova estratégia do Facebook que dizer. Certo?

Quando soubemos, também ficamos loucos de curiosidade. Por isso, assim que tivemos acesso ao material, corremos logo para contar para vocês.

É o seguinte… Você já percebeu que o Facebook tem valorizado cada vez mais os vídeos em suas plataformas?

Bem, isso não é à toa! Na verdade, existe um forte movimento que colocam os vídeos como grande tendência do marketing digital, afinal, a aderência desse tipo de formato está cada vez maior, nas mais variadas plataformas.

Só que no Facebook, isso pode ser mais expressivo, uma vez que trata-se de uma rede social, fortificada por conteúdos que possuem demandas, cada dia mais, dinâmicas.

O que acontece é com mais de 1 bilhão de contas ativas, a quantidade de conteúdo na rede só aumenta, disputando a atenção dos usuários entre si, por isso, uma das melhores formas de se destacar e ainda entregar uma melhor experiência ao usuário na entrega de conteúdo é fornecer vídeos.

É desse movimento que surgiu a ideia do Facebook. Basicamente, ele pode ser comparado à monetização do Youtube.

Isso mesmo! A plataforma pretende agora inserir anúncios em meio aos vídeos que rodam na rede social.

Você pode estar pensando:

  • Ah, então será possível anunciar em vídeo, isso já não existe?”.

Calma! Você está certo, mas não está enxergando o todo!

Primeiro, sim, você poderá anunciar em formato de vídeo, mas também será beneficiado pela possibilidade de aparecer nos “intervalos” dos vídeos de produtores de conteúdo.

Assim como no Youtube, o Facebook pretende colocar anúncios em meio aos vídeos que tiverem sido “subidos” diretos na plataforma, remunerando os produtores desse conteúdo, em um sistema de porcentagem.

Segundo um site americano, a marca pretende apresentar a novidade ainda em 2017.

 

Projeto-Similar-à-Monetização-do-Youtube

 

#Como o sistema de monetização de vídeos do Facebook vai funcionar?

É tudo muito simples, uma vez que já temos o exemplo do Youtube, afinal, a diferença está nos detalhes.

Em suma, o Facebook pretende utilizar os vídeos nativos da plataforma para incluir anúncios, como uma espécie de comerciais vistos na televisão, por exemplo.

Para conseguir isso no maior número de conteúdos de sua rede, a marca pretende pagar pelo espaço publicitário.

A proposta é que os produtores de conteúdo tenham participação nos rendimentos desse material por meio de seu perfil.

O produtor que “vender” seu espaço publicitário, poderá receber até 55% dos faturamentos.

  • Quer saber de uma curiosidade?

Essa porcentagem é a mesma oferecida pelo seu rival, o Youtube!

Para quem vai anunciar, as coisas também irão melhorar, uma vez que será possível escolher os vídeos por categorias, segmentando ainda mais o público.

Vídeos que possuem mais de 1 minuto e 30 segundos de duração já podem receber os anúncios, que terão, no máximo, 15 segundos.

 

Facebook-Anuncia-Projeto-Similar-à-Monetização-do-Youtube

 

Ah! Tem mais… Os anúncios só serão acionados para a exibição ao expectador, se ele consumir, pelo menos, 20 segundos do vídeo original.

Claro, se você conhece um pouco sobre esse universo, já sabe que testes aconteceram, inclusive, o local escolhido para que isso ocorresse não poderia ser melhor. É, nós estamos falando das lives.

Isso só nos mostra que essa novidade pode estar escondendo outras. Concorda?

 

Pronto! Agora você já sabe tudo sobre o que o projeto do Facebook de apresentar um projeto similar à monetização do Youtube. O que achou? Vem contar para gente quais são as suas expectativas.

O momento agora é de aguardar os próximos capítulos!

Esperamos que esse conteúdo tenha sido imensamente útil para você. Ficou com alguma dúvida ou quer deixar sua opinião sobre esse anúncio do Facebook?

Aproveite o espaço destinado aos comentários abaixo. Será um imenso prazer poder lhe ouvir e quem sabe contribuir em um debate inteligente sobre esse assunto que pode movimentar o nosso mercado.

Não se esqueça de visitar o nosso canal no Youtube, por lá você irá encontrar diversos materiais sobre o mercado digital como um todo. Aproveite, pois estamos sempre preocupados em deixá-lo atualizado.

Conhece alguém que gostaria de saber dessa novidade do Facebook? Então nos ajude a fazer esse conteúdo chegar mais longe, compartilhe! Contamos com você.

Desejamos-lhe sucesso sempre, a gente se vê por aí!

Forte Abraço.

Compartilhar.

Uma semana de aulas ao vivo para você aprender a vender mais com anúncios no Google, Facebook, YouTube e Instagram - As maiores ferramentas de vendas da internet.

Cadastre-se abaixo para participar: