Muitos proprietários de e-commerce têm dificuldades de crescer na internet por não seguirem estratégias de tráfego. Em um dos nossos podcasts Extremo tivemos o prazer de bater um papo com a Sabrina Nunes, uma empreendedora que cresceu muito na internet, dona do e-commerce Francisca Joias, ela é uma daquelas pessoas que inspira qualquer um com a sua história.

O melhor de tudo é que a Sabrina passou estratégias incríveis, que ela mesma utiliza no seu e-commerce e que com certeza vai abrir a sua mente para expandir também o seu negócio.

Uma das reflexões que mais marcou nessa entrevista é o ponto de vista que essa mulher tem sobre ter um negócio na internet. “Empreender em cidade pequena é muito difícil, porque você precisa lidar com coisas que muitas vezes você não tem controle. Então é uma mudança cultural como, por exemplo, vender fiado. Na internet não existe vender fiado. Todo mundo que vende na internet não vende fiado pra ninguém. Na internet não existe inadimplência porque você precisa pagar antes para poder receber o produto.”

Com essa fala já dá para ter uma ideia do quão além vai à mente dessa mulher, certo?

O fato é que para dar certo na internet, você precisa criar as suas próprias estratégias. Confira algumas das estratégias que a Sabrina utiliza no seu negócio, essas estratégias podem revolucionar o seu e-commerce.

Faça diferente do mercado convencional

Xadrez com peça diferente (Randy Fath)
Xadrez com peça diferente (Randy Fath)

Em uma loja física são realizadas campanhas especiais para datas específicas, ou seja, datas comemorativas como dia das mães, dia dos pais, black Friday, natal e etc.

Uma das estratégias é criar campanhas todos os meses do ano. Precisamos trabalhar em cima de campanhas de datas comemorativas, mas para ter sucesso na internet não é só isso, não adianta criar campanhas apenas habituais do mercado.

As pessoas não crescem porque primeiro: não faz campanhas. Segundo, se faz, faz em épocas comemorativas, ou seja, umas três vezes ao ano. Com essa estratégia percebemos que podem ser feitas campanhas todos os meses.

Você pode criar uma campanha de dia das mães, fora da época do dia das mães, enfatizando que não é só em maio que se comemora o dia das mães e sim todos os dias.

Algumas coisas que pesam mais em uma campanha como: o poder da história, por exemplo, “é o meu aniversário”, eu estou justificando porque vou dar desconto naquele dia.

Quer vender? Então dê um motivo para a pessoa comprar o seu produto. As pessoas precisam de um motivo para comprar. Ninguém acorda com a ideia assim: “eu quero comprar um brinco hoje”. Mas se eu der pra ela um motivo para comprar, ela vai comprar.

Qualquer campanha precisa de uma história. As pessoas só precisam de um input, um motivo para comprar.  As pessoas compram no dia as mães por quê? Porque elas se sentem mal de não presentearem a mãe. Como uma campanha precisa ter inicio, meio e fim, imagina se você começar a trazer gatilhos mentais para ela, uma emoção, e começa a dar uma vida para aquilo.

Para criar uma campanha precisamos estar frequentemente criando coleções. No mercado habitual é normal ouvirmos, por exemplo, coleção de verão, coleção de inverno e etc. Quem trabalha com e-commerce não precisa se limitar as mesmas coleções e sim criar suas próprias.

A graça das campanhas na internet é poder criar seus eventos quando você quiser.

O bom de uma campanha de E-commerce, é que a pessoa acaba entrando no site pelos anúncios da campanha, mas acaba levando outros produtos disponíveis, porque dentro do site está tudo disponível para a visualização. O e-commerce já vive com o carrinho aberto. Às vezes a campanha é pra vender um produto que já estava dentro da loja, é só um input diferente. O objetivo da campanha é simplesmente colocar a pessoa dentro da loja.

Aproveite todas as ferramentas que estão em suas mãos

Ferramentas (Elena Rouame)
Ferramentas (Elena Rouame)

Utilize todas as forças do seu negócio e isso significa usar todas as ferramentas que estão disponíveis para lhe ajudar a crescer na internet. O principal problema de muitos empresários é que eles acham que o Google Ads tem que trabalhar sozinho, o Instagram ou Facebook trabalham sozinhos, Email trabalha sozinho. Quando você pega todos esses canais, que são a sua base e mistura todos juntos para trabalhar para você, você explode de vendas.

Já conheci muitas pessoas que trabalham com E-commerce que nunca enviaram um email para seus clientes oferecendo um produto.

Quando criamos uma campanha, por exemplo, de dia das mães, a pessoa manda email de campanha de dia das mães, mas não fala dessa data no tráfego. Ou seja, ele divulga a data, mas não tem nenhuma estratégia de tráfego.

Estratégia dos 3 U’s – UUU

Relógio (Phil Desforges)
Relógio (Phil Desforges)

A principal estratégia apresentada pela Sabrina é a dos três U’s – ultra, ultra urgente. Segundo ela, essa é uma estratégia que vai trazer dinheiro instantâneo para o seu negócio.

A campanha dos três U’s é uma campanha que trabalha com urgência pesada. É uma campanha trabalhada com desconto e urgência. Urgência porque a pessoa tem um curto período para comprar determinado produto. Para que isso ocorra, é necessário ter uma oferta irresistível.

No dia da campanha o foco deve ser mais na urgência, enfatizando que é só aquele dia. A escassez utilizando em marketing é uma das estratégias mais poderosas. É fazer a pessoa acredita que não tem como deixar para comprar amanhã, porque vai acabar.

Passo a passo para criar uma campanha

Pessoa subindo escada (Jake Hills)
Pessoa subindo escada (Jake Hills)

Não adianta negar: Você é atacado por campanhas o tempo inteiro. O tempo inteiro alguém está lançando uma campanha para você. Podemos ver isso ao estarmos lendo uma notícia em um site ou apenas se distraindo no Instagram. Vão aparecer anúncios, banners ou vídeos oferecendo algo.

O que acontece na maioria dos casos que não dá certo esses anúncios é que as pessoas donas de e-commerce compram um banner. Elas compram a ideia de ter uma campanha com um nome bonitinho, mas não sabem da estratégia. E é por isso que não atingem o resultado esperado.

Ao criar uma campanha você precisa ter um planejamento de quando ela vai começar e terminar. Confira o passo a passo que a Sabrina segue nas suas campanhas.

1º passo: Público alvo

O primeiro passo é entender para quem é essa campanha. É para os meus clientes ou para um público que ainda não conhece meus produtos? Eu posso ter dois tipos de campanha rodando ao mesmo tempo. Posso ter uma campanha específica só para quem é cliente e outra para quem ainda não é cliente, desde que haja uma organização para isso.

É possível no tráfego você segmentar bem o seu anúncio para focar exatamente nas pessoas que vão visualizar.

2º Passo: Defina o objetivo da campanha

Qual o objetivo dessa campanha. Meu objetivo é vender meu estoque parado; meu objetivo é fazer um lançamento de uma coleção nova, é trazer mais clientes. Existe campanha para cada objetivo, então por isso é necessário ter clareza ao definir os seus objetivos.

Depois de ter esse objetivo claro, é pensar em uma estratégia de como o tráfego vai te ajudar na execução dessa campanha.

3º Passo: Meta

O terceiro passo é definir a meta da campanha. Campanha sem meta não pode ser analisada e o que não pode ser medido não pode ser melhorado.

Para essa meta é importante saber se você pretende tirar as despesas de uma campanha do seu orçamento mensal ou se será feito um orçamento extra para essa campanha.

Quando iniciamos o mês, geralmente as empresas já possuem um valor para investir no tráfego. Porém, se eu fizer uma campanha extra, essa campanha merece ter um valor extra de investimento ou devo tirar esse valor do meu fluxo mensal?

Isso depende do rendimento da pessoa, do objetivo dela. Se for, por exemplo, uma campanha de uma semana como da Black Friday vale a pena investir uma grana extra para isso.

Como a ideia da campanha é fazer mais vendas, então é necessário também investir mais.

4º Passo: Motivo da campanha

O próximo passo é definir o que vai ser trabalhado na campanha. Se eu defino que vou trabalhar com desconto, tenho que seguir nessa linha. Se eu vou criar uma campanha de ultra, ultra urgência, eu preciso trabalhar dentro dela a questão do tempo, quantidade de produto e valor.

5º Passo: Estrutura

Depois que definimos a meta e entendemos como a campanha vai funcionar, precisamos pensar na estrutura. Como estamos nos referindo a produtos físicos é importante avaliar se o seu negocio está preparado para aquela campanha. É necessário avaliar se tem estoque embalagem suficiente, valor de frete e etc.

A ideia de campanha é focar num tema que incluem vários produtos. Porque já pensou lançar uma campanha para um produto específico e ele acabar? Isso pode acabar prejudicando o andamento das vendas. Outra dica importante para quem trabalha com E-commerce é: precisa focar mais na quantidade que na variedade.

Quando você esta desenhando a sua campanha, você pode imaginar quais outras áreas que podem se beneficiar com essa campanha. Você pode negociar previamente com os fornecedores os produtos que você vai trabalhar em uma campanha. Assim como também negociar com as transportadoras sobre o volume que eu terei naquela campanha.

Outro ponto que precisa de atenção é que depois que a campanha é criada e os anúncios estão rodando, ao clicar em um anúncio as pessoas precisam ser direcionados para uma subcategoria dentro do site. Não adianta criar toda uma campanha e encaminhar a pessoa para a página principal do site que não fala da campanha diretamente.

6º Passo: Divulgação da campanha

Um dos principais erros que as pessoas fazem quando falamos de ter uma estratégia de campanha é que elas não pensam que quando a gente fala de uma campanha, tem que ser falada dela o tempo inteiro. Quando se fala em lançamento, o foco é no lançamento a semana inteira. É necessário então pegar todos os elementos de base que você tem todos os canais de comunicação para trabalhar junto com a campanha.

A estratégia é você utilizar bem todos os recursos que você tem. Para que essa pessoa seja impactada, não devemos usar apenas o tráfego, mas usar bem todas as bases.

Qual a melhor plataforma para e-commerce?

Pessoa usando Notbook (Austin Distel)
Pessoa usando Notbook (Austin Distel)

O sucesso de uma loja online não é pela plataforma que você usa. O sucesso de uma loja online é pelas estratégias que você faz.

Nós precisamos fazer dar certo com aquilo que temos disponível hoje. Não adianta querer ter resultados pensando em coisas que você não tem. Porque não adianta pensar: se eu tivesse na plataforma tal ia vender mais.

A maior dificuldade das pessoas escolherem uma plataforma é querer escolher a partir da beleza do site. Não devemos escolher uma plataforma pelo designer e sim pela usabilidade dela e para definir isso você precisa ter em mente: o seu site precisa do que? Escreva tudo que o seu site precisa, e depois que você ter essa consciência, vá atrás do que está disponível no mercado.

Procure por plataformas mais básicas. Existem plataformas a partir de R$ 59.  Uma dica é ir às lojas “cases” dessas plataformas e ver quais lojas usam a mesma configuração que você precisa na sua loja. Descubra as funcionalidades da plataforma.

Tenha em mente o seguinte: Não existe plataforma ruim que está atrapalhando vendas, o que tem é empresário ruim que não está sabendo vender. Quem sabe vender mesmo, vende até com WhatsApp. O simples funciona, então foque mais na comunicação clara e nas estruturas para que seu negócio dê certo.

Compartilhar.