Gerar e doutrinar um lead sempre estarão diretamente ligados à conversão. Por mais que não seja uma conversão de vendas, propriamente dita, seja o acesso a uma página de destino, a baixar algum material ou abrir um e-mail do qual você planeja enviar.

Captar leads é totalmente importante para que sua empresa consiga fazer uma comunicação assertiva com seu público alvo, porém apenas captar e deixar lá parado não irá te gerar vendas, entende?

Um lead não vai comprar de você até que ele entenda que o que você tem a oferecer é algo que vai mudar a vida dele e para que isso aconteça, você precisa mostrar a ele, o doutrinando.

Por exemplo, se você pegar o contato telefônico de cada um dos usuários que baixar um e-book seu e perguntar se ele deseja obter a solução que você acaba de apresentar naquele material, é bem provável que ele te responda com um não.

Você sabe por que?

É bem simples de entender, você está oferecendo algo a uma pessoa que não está no estágio certo, ou seja, ele ainda não está pronto para comprar.

É justamente para te ensinar a melhor forma de doutrinar um lead que o Mestre do Ads está aqui.

Queremos ajudar você, então venha com a gente!

 

doutrinar-um-lead

 

A melhor forma de educar é com marketing de conteúdo

A melhor forma de captar um lead e fazer com que ele chegue até a etapa final do processo é através da doutrinação, ou seja, através da produção de conteúdo adequada para cada etapa.

Com isso, você irá informar de forma espontânea e totalmente natural, passando verdade em cada etapa do processo.

Só que não basta apenas gerar conteúdo, é preciso ter disponíveis diversas ferramentas como um blog e uma estratégia de e-mail marketing, pois serão elas juntas que encaminharão esses leads até o momento exato da conversão.

Um bom conteúdo será fundamental para que esse lead vá superando cada etapa, mas o que você precisa entender é que cada etapa do funil de vendas pede um tipo de conteúdo e se você não souber fazer essa classificação, dificilmente terá o sucesso que espera, entende?

Você já deve saber que o funil de vendas é dividido, basicamente, em 3 partes: topo, meio e fundo, não é mesmo? Cada uma delas pede um tipo de conteúdo de acordo com o interesse no assunto.

Vamos explicar melhor…

 

Conteúdo para topo de funil

Essa é a primeira fase do funil de vendas, então entenda que os leads muito provavelmente não sabem quem é você e muito menos qual é a solução que você tem a oferecer.

Na verdade, por vezes, nem eles mesmos sabem qual a dor que têm e como podem fazer para resolver seus problemas, logo é sua missão apresentar a eles.

Essa é uma das fases mais importantes, por será através dessa etapa que você irá passar o primeiro filtro de percepção. Muitas pessoas irão ficar já nessa etapa, mas para sua marca ou empresa isso é bastante positivo, afinal, só irá avançar quem tem real interesse em saber mais informações.

O conteúdo para essa primeira etapa costuma ser mais abrangente, pois é o momento que você terá que, de forma natural, mostrar aos seus leads que eles têm um problema que, talvez, nem eles mesmos saibam que tem.

Por exemplo: estar acima do peso, ter problemas de concentração, não conseguir responder todos os e-mails, não conseguir educar seu cachorro a fazer as necessidades no local correto, enfim, as dores podem ser as mais distintas possíveis, mas você terá que apresentá-las de acordo com seu nicho de mercado.

 

O-que-é-um-lead

 

Conteúdo para meio de funil

Nessa etapa, nós já demos um passo além e conseguimos, como dissemos acima, fazer com que boa parte das pessoas nem avancem, mas outras deem continuidade e fiquem muito mais interessadas no que temos a dizer.

Nessa etapa do processo, o lead já conseguiu identificar que tem um problema e que precisa encontrar uma solução para resolvê-lo. A grande questão é que ele ainda não encontrou uma alternativa que atenda o seu perfil, e segue procurando…

Esse é o momento ideal para que você se posicione como uma autoridade sobre o assunto, não entregando o jogo de vez, mas fornecendo material que responda algumas dúvidas ou as principais perguntas sobre o assunto.

Agora o tipo de conteúdo não pode ser mais tão abrangente, você precisa entregar conteúdos mais trabalhados e que consigam suprir a necessidade de aprendizado.

Um bom formato de conteúdo são aqueles que entregam algum valor, então materiais do tipo:

  • X estratégias para conquistar mais clientes
  • X maneiras de adestrar seu cão
  • X ações que podem te fazer ser uma pessoa mais organizada.

São exemplos de conteúdos ideias para meio de funil.

A questão aqui é que você até pode dar as respostas, mais na grande maioria das vezes, esse lead não saberá como executá-las e ai entra você, na última fase do funil de vendas.

 

geração-de-leads

 

Conteúdo de fundo de funil

Quem chegou até aqui é porque já tem interesse em comprar o que você tem a vender. Eles já sabem que você tem a solução em mãos e estão loucos para adquirir, senão não estariam chegando tão longe.

Chegou a hora de vender sem medo, mas vender sem forçar, entende? Torne o seu produto ou serviço, um item de desejo e faça com que os clientes venham até você, gerar a conversão, e não o contrário.

Ofereça em um formato de ajuda, isso trará gratidão por parte de seu público e suas vendas irão aumentar muito mais.

Nessa fase, você já precisa apresentar conteúdos que expliquem tudo sobre seus produtos e serviços, pois só assim o lead terá a certeza de qual opção escolher.

 

Curtiram?

Agora é colocar a mão na massa e começar a criar esses conteúdos para cada etapa do funil de vendas.

Se tiver com alguma dúvida, mande pra gente.

Até mais!

Compartilhar.