O assunto de hoje é aparentemente simples, mas com certeza é algo que ainda gera dúvidas na cabeça das pessoas, isso porque, em nossa área de atuação lidamos todos os dias com milhares de siglas que passam ser naturais conforme a rotina de trabalho, mas e quem não tem toda essa prática?

Analisando o mercado, como de costume, percebi que a quantidade de siglas presentes no mercado do marketing digital é extremamente extensa e foi aí que decidi falar sobre esse assunto. Acredito que, principalmente, quem está entrando nesse mercado pode estar cheio de dúvidas e as siglas pode ter uma grande parcela de culpa na confusão na hora de absorver informações importantes.

Venda mais com anúncios online.

Inscreva-se abaixo para receber conteúdos do campo de batalha sobre como vender mais através de anúncios no Google, YouTube, Facebook e Instagram - As maiores ferramentas de vendas da internet.

Para deixar muito claro, meu objetivo aqui é lhe ajudar, portanto vou esclarecer de forma bastante simples do que se trata cada uma dessas siglas. Depois de ler esse artigo na íntegra, certamente não haverão mais complicações nem confusões quanto a cada uma delas.

Para que você entenda com mais clareza e tenha um melhor aproveitamento nos estudos, quero lhe inserir em um ambiente mais favorável e próximo do que vamos tratar, por isso é muito importante que você dê o play no vídeo que preparei para você.

 

 

Gostou? Está se sentindo mais familiarizado e pronto para receber uma enxurrada de conteúdo interessante? Então vamos partir para ação. Vou lhe entregar primeiro de onde essas siglas se originam, assim, você não terá problemas em entender a diferenciação de cada uma delas no desenvolvimento do conteúdo.

 

Qual a Origem do CPC, CPM e CPA?

Se você não sabe de onde surgiram essas siglas, fique bem tranquilo, antes de elaborar de fato esse tópico, estudei e formatei uma maneira bastante simples e tranquila de lhe explicar. Vamos lá?

 

CPC, CPM e CPA.

 

As siglas que me refiro acima são originárias de uma plataforma de anúncio online, o famoso Ads, conhece? O Ads, como eu disse, é utilizado por pessoas ou empresas que pretendem alcançar um maior público através da rede Google.  Essa plataforma tem como objetivo fornecer publicidade no canal online, tendo como opção de campanhas em texto, vídeos e banners. O Ads é uma ferramenta Google e fornece diversas facilidades e benefícios para quem tem o objetivo de anunciar na web.

Se quiser saber mais sobre o Ads, confira um conteúdo exclusivo que fiz pensando em você, aqui.

Agora você já sabe de onde elas surgiram, não é verdade? Sem dúvidas já está um pouco mais familiarizado com esse universo, portanto vamos avançar ainda mais. A seguir lhe mostrarei o que é CPC, CPM e CPA.

 

O Que é o CPC, o CPM e o CPA

Certamente você deve estar ansioso para saber, talvez, até já tenha uma noção do que elas são, depois de descobrir de onde elas surgiram, mas para que não haja nenhum tipo de dúvidas, vou lhe mostrar direitinho do que se trata.

O CPC, o CPM e o CPA são da mesma família e se tratam basicamente da mesma coisa, mas não são. Você deve estar um pouco confuso agora e, talvez, queira me perguntar: “Como algo pode ser a mesma coisa e não ser, ao mesmo tempo?”. Calma, é simples, quer ver?

 

Diferenças entre CPC, CPM e CPA.

 

Essas siglas tão recorrentes no dia a dia de um profissional de marketing digital trata-se de uma forma de cobrança estabelecida pelo Ads, a plataforma de anúncios do Google, por isso eu disse que são todas basicamente iguais, pois todas elas se tratam de forma de cobrança.

Você deve estar pensando: “Ok, Tiago! Eu entendi, mas o que torna essas siglas diferentes”. Mais uma vez eu tenho que lhe dizer que é muito simples, pois o que difere uma da outra é a forma como é cobrado, você entenderá melhor mais a frente, quando eu detalhar para você e diferenciar cada uma delas.

Acredito que você já tem a base perfeita para entender cada sigla e, por isso, é o que vou fazer a seguir.

 

Entendendo o CPC, CPM e CPA

Primeiro vamos falar sobre o CPC, lhe mostrarei as características dessa forma de pagamento e como ele se comporta.

  1. CPC: O CPC também é conhecido como Custo Por Clique. Tenho certeza que essa informação já clareou consideravelmente as suas ideias, mas vamos em frente. Como eu já disse, ele é uma forma de pagamento estabelecida pelo Ads, que funciona da seguinte maneira:
    1. Você cria um anúncio através do Ads.
    2. Ao escolher o CPC como forma de cobrança, só será descontado um valor de seu orçamento, quando o seu anúncio tiver sido clicado por um possível usuário interessado.

Interessante, não é mesmo? Então vamos conhecer o CPM e tudo se tornará cada vez mais esclarecedor.

 

CPC, CPM e CPA

 

  1. CPM: O CPM é também o muito conhecido Cuspo por Mil, que se refere a mil impressões ou visualizações. Quando você escolhe o CPM como forma de cobrança no Ads:
    1. Você pagará, apenas, quando a sua campanha for visualizada mil vezes por possíveis consumidores do que você está oferecendo, ou seja, quando o anúncio obtiver mil impressões, será descontado o valor estipulado de seu orçamento.

Já está dando para ver algumas diferenças entre as modalidades, não é mesmo? É verdade, mas preciso lhe dizer que ainda tem mais diferenças que preferi lhe falar em um tópico exclusivo. Antes que cheguemos nele, preciso lhe falar sobre o CPA.

  1. CPA: O CPA é a modalidade de cobrança do Custo por aquisição. Quando você opta por essa forma de custo em suas campanhas:
    1. Seu saldo de orçamento será debitado quando a conversão pré-estabelecida por você, no momento da formulação do anúncio, for atingida. A conversão dessa campanha poderá ser vendas, visualização de um conteúdo, captação de Lead, preenchimento de um formulário, dentre outras coisas.

Pronto, você já está quase um expert nesse assunto. Para finalizar, falta apenas você entender melhor as diferenças entre eles de maneira mais ampla. Vamos Lá?

 

Diferenciando o CPC, o CPM e o CPA

 A partir de agora vou lhe mostrar mais a fundo as características de cada uma dessas formas de cobrança, para que tipo de campanha elas se adéquam melhor, dentre outras informações importantes para que você saiba fazer a escolha certa na hora de elaborar sua campanha.

O CPC é a forma mais usada nas campanhas de Ads em geral. É muito utilizada entre os donos de sites que têm como objetivo entender melhor o interesse do público. Como o orçamento gasto é baseado no número de cliques que o anúncio recebe, essa modalidade de campanha é facilmente controlada, até mesmo por anunciantes iniciantes. Se você é anunciante de primeira viagem, prefira optar pelo CPC, assim você poderá saber mais sobre a aceitação do seu produto ou serviço, além de ter o total controle financeiro de sua campanha.

.O CPM tem como objetivo principal as visualizações, por isso, essa modalidade de cobrança usa muito o formato de banner, além disso, esse formato tem total capacidade de estabelecer uma marca no mercado, torná-la mais familiar aos seus possíveis interessados e consequentemente torná-la mais empática com o público. A veiculação desse tipo de campanha, na maioria das vezes, é através de sites e blogs que tem como objetivo a atração de tráfego por meio de artigos informativos ou curiosos.

 

Diferenças entre CPC, CPM e CPA

 

Quando se opta pela cobrança através do CPM, geralmente o custo é maior que o CPC, por exemplo. Os valores estão relacionados com o tipo de site que vai veicular o seu anúncio, quanto mais famoso e mais visitas ele receber, maior será o valor cobrado. Por isso é indicado que você opte pelo CPM, apenas, quando você já tiver seus objetivos publicitários bem definidos, além disso, é importante que você tenha em mente que os valores de investimento devem ser bem analisados para que o custo/benefício valha a pena e não seja totalmente gasto em pouquíssimas horas.

O CPA é a opção que mais demanda investimento por parte do anunciante, podendo chegar até a metade do valor de uma venda feita, por exemplo, mas também pode ser a mais eficiente em determinados casos. Como já deve saber, você pagará para o Ads, apenas quando a conversão determinada por você for alcançada. Para conseguir que o CPA seja lucrativo o bastante, você deverá ter uma boa experiência no assunto, além disso, deverá estar disposto a investir valores maiores.

Esse tipo de campanha é mais indicado para empresas que oferecem mercadorias que possibilitam agregar um índice de lucro mais elevado.

Conseguiu ver as diferenças entre cada uma delas? Esse assunto é realmente interessante.

Bom, espero que eu tenha conseguido suprir suas expectativas ao entregar esse artigo. Muito obrigado por sua presença, volte sempre que necessitar ou quiser. Se alguma dúvida surgiu durante a leitura desse material, comente abaixo ou entre em contato comigo através das redes sociais.

Até a próxima. Forte Abraço!

Compartilhar.

Uma semana de aulas ao vivo para você aprender a vender mais com anúncios no Google, Facebook, YouTube e Instagram - As maiores ferramentas de vendas da internet.

Cadastre-se abaixo para participar: