Muitos profissionais que estão ligados diretamente ou indiretamente com vendas e marketing, procuram estratégias que lhe proporcionem melhorar seus resultados.

Uma das mais utilizadas atualmente é a técnica dos gatilhos mentais. Que trata-se de utilizar frases e conteúdos que trabalham e despertam sensações no público alvo ao qual a ação se destina.

Essas sensações são diversas, podendo ser desde a curiosidade até o sentimento de que algo é confiável.

Óbvio, que tudo isso deve ser utilizado de maneira responsável, prezando sempre a verdade, a idoneidade na relação marca/potencial cliente.

Dentre esses gatilhos mentais, nós temos o da prova social, muito utilizado e abertamente explanada por muitos profissionais do marketing.

Você mesmo deve até conhecer um pouco sobre elas, independente, se já a utilizou. Não é verdade?

A questão é que enquanto muita gente fala sobre prova social, mais uma centena também usa a expressão prova, para se referir a ela.

  • Só que você sabia que Prova Social e Prova, não são a mesma coisa?

É isso mesmo! A única coisa igual entre elas é que ambas funcionam muito bem, trazendo resultados incríveis.

Sabendo que pouca gente conhece essa diferença entre Prova e Prova Social, nós identificamos que precisávamos fazer esse conteúdo, para te ajudar a entender cada uma delas e, consequentemente, utilizar o melhor das funções.

Certamente você irá adorar!

Vamos juntos nessa?

 

 

#O que é Prova?

Para começar a desvendar tudo logo de início e irmos direto ao ponto, vamos lhe mostrar de maneira simples do que se trata a prova.

Bem, basicamente, a prova serve para substanciar algo, pode ser um negócio, um projeto ou a eficácia de um produto ou serviço, por exemplo.

A prova é aquilo que você mostra ao alvo, geralmente, em dados, que comprovam o que você está dizendo. É uma espécie de prova material, dados incontestáveis, métricas obtidas de fontes confiáveis, estudos científicos…

Por exemplo:

  • Imaginemos que você tenha um produto sobre emagrecimento.
  • A principal promessa dele é que quem utilizá-lo, perderá 10kg em 6 meses.
  • Então, para fomentar o que você está dizendo com uma prova, você pede a um médico especialista, um laudo com experimentos reais e comprovados cientificamente que o método vendido no curso funciona.

Óbvio, nesse caso, deverá ser um teste sério, real, de preferência retirado de uma pesquisa reconhecida formalmente, sob a orientação de um médico especialista de conceito na área.

Os dados precisos apresentados nesse laudo, será a sua prova para com os potenciais consumidores do produto e servirá de atrativo forte para que você converta mais.

Tudo entendido até aqui? Então vamos falar agora sobre a Prova Social.

 

Dicas Para Você Ter Seu Aplicativo Hoje Mesmo

 

#O que é Prova Social?

A prova social é mais popular e muito utilizada por negócios digitais, certamente, você deve ter visto alguma por aí.

Apesar de ser muito confundida com a Prova, ela é diferente e, geralmente, é utilizada para a ativação de gatilhos mentais que geram confiança, sensação de que o produto/serviço ou qualquer item de interesse para consumo tem uma certa comprovação de eficácia.

Aí você pode querer perguntar:

  • “São coisas diferentes, mas as duas utilizam a ativação do gatilho mental para comprovar a eficácia de algo?”.

Sim, mas é exatamente nesse ponto que aparece a dissonância.

A Prova Social não é baseada em dados científicos, pesquisas reconhecidas ou métricas concretas.

Ela utiliza a base social, a opinião pública, geralmente, de consumidores do item ofertado que estão satisfeitos com a aquisição.

Daí o nome, Prova Social. Porque utiliza depoimentos de pessoas que consumiram o produto e tiveram os resultados prometidos e, portanto, servem de prova prática de que o produto funciona.

Por exemplo:

  • Vamos utilizar a mesma situação acima. Você tem um produto de emagrecimento e a promessa é eliminar 10kg em 6 meses.
  • No momento de utilizar a prova, você não tem comprovações e dados concretos para mostrar, mas tem em mãos depoimentos de consumidores que atingiu o resultado prometido, ou seja, a prova social.
  • Então você os utiliza, provando aos potenciais consumidores, de que outras pessoas já utilizaram o método do seu produto e estão satisfeitas, pois conseguiram perder 10kg em 6 meses.

É uma espécie de recomendação de quem já utilizou, de quem já arriscou-se conhecer para comprovar a eficácia do produto.

Tudo entendido?

 

Dicas Para Você Ter Seu Aplicativo Hoje Mesmo.

 

#A principal diferença entre Prova e Prova Social

Como você pôde ver, a principal diferença entre Prova e Prova Social é nítida. Trata-se da diferença entre os instrumentos utilizados para a comprovação de algo.

Enquanto a Prova trabalha os dados científicos, concretos, não tendo chance de apresentar uma “mentira, a Prova Social é algo fundamentado na experiência de usuários, que de certa forma, pode ter uma oscilação, um desvio, dependendo da experiência pessoal de cada um.

O grande problema da Prova Social é que, infelizmente, têm empresas que compram depoimentos de pessoas, falando positivamente, óbvio, do item ofertado, apenas, para convencer outros usuários à adquirir o produto/serviço.

Por isso, nós lhe falamos no início, sobre a responsabilidade de usar esse gatilho mental.

Porque de uma maneira ou outra, essa prova social impactará o seu público alvo, favorecendo o consumo, por outro lado, por mais que você gere muitas conversões, quando o produto não cumprir o prometido, será o nome da sua marca que estará em jogo.

Podendo destruir sua credibilidade no mercado. Certamente isso não valerá a pena, afinal, você venderá muito o produto, mas também não venderá mais nenhum outro, depois do episódio!

Então, para ficar claro, vamos fazer um paralelo aqui… Se fossemos comparar a Prova e a Prova Social no mundo do direito, poderíamos dizer que a Prova refere-se à Prova Cabal, material, substancial com testemunha ocular, já a Prova Social é uma espécie de prova especulativa, testemunhal, mas não ocular, baseada na experiência individual, o que não significa totalmente ser uma regra/verdade.

Você deve estar querendo saber como utilizar a Prova Social e a Prova de maneira positiva, não é? Então vem com a gente que vamos lhe mostrar.

 

negócios digitais..

 

#Como aplicar a Prova Social e a Prova positivamente nos meus negócios?

Quando você usa a Prova Social e a Prova de maneira responsável e positiva no seu negócio, automaticamente, ele atrai mais clientes, mais interesse e, consequentemente, mais conversões.

O que acontece é simples. Quando uma pessoa chega até o seu site e olha o seu produto/serviço, ela começa a buscar mais informações, não é verdade?

Nesse momento, se você tiver fornecendo conteúdo interessante, uma boa carta de vendas que demonstre o real valor da sua oferta, ela certamente se interessará.

Só que aí começa aparecer algumas objeções para a conversão e uma das mais fortes é o fato de não haver dados concretos ou depoimentos de clientes, de usuários daquele produto/serviço, que comprovem a qualidade, a eficácia.

Óbvio que a Prova e a Prova Social certamente quebrará essa objeção, mas elas precisarão ser verdadeiras.

No caso da Prova, a indicação é que você, antes mesmo de lançar o seu produto ou serviço, procure as bases científicas e de estudos comprovados, ou até mesmo dados concretos, sobre o método apresentado.

Por exemplo:

  • Vamos imaginar que você está criando um curso sobre atração de tráfego.
  • Então sua preocupação será de realizar testes e capturar as métricas apresentadas depois da aplicação das técnicas presentes no seu curso.
  • Se você aplica essas técnicas para negócios de clientes, melhor ainda, procure-os e peça a autorização para utilizar as métricas de desempenho deles como Prova do seu curso.

No caso da Prova Social, a indicação é falar diretamente com os seus clientes satisfeitos. Procure ter um bom relacionamento com todos e estabeleça um excelente canal de comunicação.

Dessa forma, você terá liberdade de pedir com que eles deixem depoimentos e opiniões reais sobre a experiência que obtiveram em relação ao seu produto/serviço.

Esse depoimentos positivos podem ser feitos em formato de vídeo, o que trará ainda mais credibilidade e força para a sua Prova Social, mas também poderá ser em formato de texto.

A grande sacada, se você quiser passar ainda mais confiança e credibilidade ao seu público alvo e, consequentemente, aumentar grandiosamente suas vendas, é utilizar os dois tipos de prova nos seus negócios.

Dica Extra: Para ter resultados, realmente, expressivos fique de olho nas provas negativas, que são depoimentos de clientes insatisfeitos ou dados que podem comprovar a ineficácia do seu produto ou serviço. Assim como as provas positivas, as negativas podem impactar fortemente o seu negócio e dificultarem as suas vendas de maneira grandiosa.

É isso! Esperamos que você tenha curtido esse material e que as informações tenham sido de enorme relevância.

Ficou com alguma dúvida? Então venha falar com a gente através dos comentários abaixo ou pelas redes sociais do Mestre do Ads, será um prazer.

Desejamos-lhe sucesso sempre, a gente se vê por aí!

Forte Abraço.

Compartilhar.

Uma semana de aulas ao vivo para você aprender a vender mais com anúncios no Google, Facebook, YouTube e Instagram - As maiores ferramentas de vendas da internet.

Cadastre-se abaixo para participar: