Iniciar seu próprio negócio é o sonho de muitos profissionais. Os motivos apresentados para tal, são diversos, entre os mais comuns estão:

  • Não gostar da sua atividade profissional atual.
  • Querer ter mais tempo para a família e amigos.
  • Ter mais liberdade na vida em geral.
  • Ter mais dinheiro.
  • Mudar a vida das pessoas e parte do mundo.

Nós, aqui do Mestre do Ads, acreditamos que dentre as justificativas, existem algumas mais fortes, com propósitos mais poderosos, mas isso não significa que o seu motivo é inválido.

Enfim, apesar desse sonho ser bastante presente, muitas vezes, ele não passa disso, ficando ali no imaginário, até que seja completamente destruído.

Nesse caso, a principal justificativa é:

  • “Eu não tenho dinheiro para começar um negócio”.

Você já parou para pensar se para começar o seu negócio, você precisa inevitavelmente de dinheiro ou muito dinheiro?

Se você não sabe a resposta, nós podemos lhe ajudar. É o seguinte, salvo alguns tipos muito específicos de negócios, a maioria não precisa de uma grande quantia de dinheiro para a fase inicial de um projeto.

Basta muita força de vontade, estudos, horas de dedicação e muito trabalho para fazer acontecer.

Foi pensando em te ajudar quanto a isso que nós criamos esse conteúdo, nele, lhe entregaremos dicas para começar um negócio sem dinheiro.

Vamos juntos?

 

Dicas para começar um negócio sem dinheiro..

 

#Dica 1 – Planeje-se

Antes de jogar tudo para o alto e começar a entrar de cabeça no seu novo negócio é preciso planejar-se.

Não é porque o seu projeto precisa de pouco ou nada de dinheiro que você não precisa se manter. Concorda?

Se você está pensando em largar o seu emprego para começar um negócio próprio, avalie os seus custos de vida em geral, antes…

Prepare-se, confira o quanto tem disponível no orçamento, estude verdadeiramente a validade da sua ideia, essa fase é muito importante para que você tenha a real visão se vale a pena ou não colocar em prática o que tem como sonho.

Para ter uma visão mais nítida disso, se aprofunde nos estudos do mercado que pretende atuar. Olhe para os seus concorrentes, seu potencial público alvo, as características da movimentação do setor como um todo.

Além disso, procure definir qual é o diferencial do seu futuro negócio e se isso é o suficiente para enquadrá-lo como um potencial sucesso, seja pela inovação ou pelo conhecimento vasto de um setor.

#2 Dica – Busque parceiros

Se você não tem dinheiro para investir no seu projeto no início, talvez esse não seja um problema, mas isso não significa que mais para frente você não irá precisar de investimentos para evoluir alguns pontos.

Por isso, a melhor maneira de garantir que os recursos estarão disponíveis quando você precisar dele é procurando parceiros.

Basicamente, se você estudou o seu mercado e tem certeza que possui uma ótima ideia de negócio em mãos, isso significa que você tem alta capacidade de tornar o seu projeto vendável.

Isso quer dizer que, ao apresentá-lo às pessoas certas, há grandes chances de que você consiga pessoas interessadas em investir.

Verifique qual tipo de parceiro é mais adequado para o seu negócio, um sócio, um incentivo do governo, um investidor anjo, amigo de profissão…

O interessante é que além de você buscar recursos para o seu negócio, essa ação funcionará como um termômetro para a validação da sua ideia.

Não entendeu? É simples! Ideias de negócios que tem grandes chances de serem lucrativas quando são apresentadas, quase sempre conseguem investimentos, caso contrário, esse pode ser um sinal de que você avaliou mal o potencial do seu projeto.

Lembre-se sempre! Antes de aceitar um investimento, procure estabelecer de forma clara e objetiva quais são os regulamentos dessa “parceria”, isso garantirá que você não vire um empregado do seu próprio negócio.

 

Dicas para começar um negócio sem dinheiro

 

#3 Dica – Crie um discurso de vendas matador

Como falamos acima, se a sua ideia é interessante, não será muito difícil atrair investidores interessados…

Por outro lado, isso também dependerá do seu poder discursivo de vendas, afinal, algo mal apresentado não explora as verdadeiras características do negócio e acaba não atingindo todas as possibilidades alcançáveis.

Se você não quer passar por isso, trabalha na criação de um discurso de vendas matador.

Na sua criação, você deve ter em mente que o objetivo é convencer de que vale a pena embarcar no seu projeto, que os riscos existem, mas que o potencial de sucesso é muito maior.

Pense em algo que pode ser um atrativo para os possíveis investidores, como participação nas ações da empresa, por exemplo.

Nesse momento, a sua abordagem para com os “parceiros” pode ser equiparada ao que você precisa ter com o cliente direto do seu negócio, ou seja, apresentando vantagens, exclusividades, diferenciais… Para enfim, atraí-los.

#4 Dica – Faça contatos

Você já deve ter ouvido falar que um bom empreendedor cria a sua lista de contatos desde cedo, pois através dela é possível tornar o caminho para a evolução menos tortuoso.

Se você duvidada dessa teoria, pode acreditar, é totalmente verdade. Quando você tem uma forte rede de contatos e, claro, a utiliza de maneira certa, seus contatos podem ser seus primeiros parceiros.

Não que eles vão ser seus investidores, apesar de isso não ser difícil, mas lhe ajudando a se conectar com outras pessoas que podem lhe auxiliar em diversos aspectos, como a criação de uma estratégia de marketing, por exemplo.

Além disso, essa teia de conexões pode impulsionar a sua marca, fazendo um marketing quase natural entre os ciclos de relacionamento, trazendo um reconhecimento da sua imagem como um especialista da área, além de atribuir uma boa reputação, já que você está sendo indicado entre “amigos”.

Certamente esse ponto é muito positivo, principalmente, para um negócio que está iniciando sem dinheiro. Concorda?

 

Dicas para começar um negócio sem dinheiro,

 

#5 Dica – Se modifique frente às oportunidades

Nós sabemos que não é fácil fazer isso, especialmente, depois que você passou muito tempo sonhando em colocar em prática o seu negócio, mas entenda, às vezes é necessário se modificar para conseguir subir alguns degraus.

O que estamos querendo dizer é que nem sempre você conseguirá iniciar o seu negócio exatamente como idealizou, pois as oportunidades que aparecem podem te exigir algo um tanto diferente.

Nesse momento só haverá dois caminhos, aceitar ou desistir dela. Como desistir não está dentre as ações de um bom empreendedor, a melhor opção é aceitar.

Por exemplo:

  • Vamos imaginar que você tem uma confecção e quer abrir uma rede de lojas, mas ainda não possui todo o dinheiro para alugar os pontos comerciais.
  • Então, em suas apresentações de projeto, ao termino do discurso de vendas, um parceiro te propõe que você confeccione as peças de um desfile para uma marca que ele gerencia.

Porque você não conseguiu o patrocínio para abrir os seus pontos de venda, você não irá aceitar a possibilidade de ter uma maior visibilidade ao confeccionar peças para um desfile?

Percebe que não é bem o seu projeto, mas continua sendo uma oportunidade para alavancar o seu negócio?

Se modificar frente às oportunidades será imensamente importante para você continuar a sua jornada. Procure não ser inflexível às possíveis mudanças e adaptações.

Até mesmo porque em meio a elas, você pode descobrir novos caminhos ainda mais lucrativos para o seu negócio. Veja essas situações como uma chance para explorar novas vertentes, públicos e possibilidades.

 

É isso! Agora é o momento de você começar a colocar a mão na massa. Esperamos que você tenha curtido esse material.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a gente pelos comentários abaixo ou pelas redes sociais do Mestre do Ads, nós lhe retornaremos assim que possível.

Já passou pela experiência de abrir um negócio sem dinheiro? Compartilhe as suas experiências conosco, será um privilégio poder lhe ouvir e enriquecer ainda mais a discussão sobre o tema.

Nos vemos em breve, sucesso sempre.

Forte Abraço.

 

 

Compartilhar.