Criar uma landing page é uma ação necessária para quem deseja trabalhar com ações de marketing digital. Na realidade, é bem comum que que o termo seja dito toda vez que estratégias são planejadas, pois não existe necessidade de sua utilização para melhorar seus resultados.

Pense em landing page como a sua máquina de vendas, um lugar onde onde a missão é conversão, conversão e conversão! Nada além disso…

Ah, você não sabe o que é e muito menos como criar uma landing page de qualidade?

Então, você veio ao lugar certo!

Nós vamos desbravar tudo sobre esse assunto, explicando o que é e ainda, te dando algumas dicas para você aprender a criar uma landing page que converte bem!

Prontos para começar?

 

criar uma landing page poderosa

 

O que é essa tal de landing page?

Pense em uma landing page como uma página de negócios, será através dela o usuário comum passará a ser seu cliente, fã, seguidor ou o que você planejar para tal.

Toda a landing page é criada com um objetivo, a conversão, mas isso não significa, necessariamente, que precise ser uma conversão de venda. Pode ser uma captação de e-mail através de uma isca digital ou então, fazer essa página, como uma de destino para atrair tráfego.

O objetivo da conversão irá variar de acordo com a sua estratégia, porém ter uma meta é fundamental para criar uma landing page que convertem, tudo bem?

É importante que você tenha sempre esse passamento em mente, pois será ele que vai te guiar no alcance de seus objetivos.

Falamos tanto em conversão, mas será que você sabe o que é?

 

O que é conversão?

Ao falar de criar uma landing page, o uso da palavra conversão fica explicita, pois uma está diretamente ligada a outra. Já abordamos esse assunto no blog, temos uma artigo completo sobre o que é conversão, mas para dar sinergia ao conteúdo, vale uma explicação rápida.

Conversão é fazer com que o usuário faça a exata ação que você planejou, independe do que seja. É como se você pegasse um usuário comum e o transformasse em seu cliente, entende?

Landing page e conversão estão diretamente ligadas, pois é uma página criada para persuasão. A utilização dos gatilhos mentais e técnicas de atração tornam essas páginas essenciais, para que o usuário receba a informação, seja convencido e realize a conversão, sem qualquer distração.

O que sabemos é que 47% dos usuários que entram em uma landing page acabam efetuando a conversão, pois estão em um ambiente propicio para isso.

Mas como criar uma landing page poderosa que realmente converta?

A gente te ensinar!

 

Fundamentos-das-landing-pages

 

#Dica 1 – Landing page = Um objetivo

Toda landing page precisa ter um objetivo bem claro e visualmente atraente, porém apenas 1! Não caia na história de que é possível agregar vários objetivos dentro uma página, pois isso acabará prejudicando muito mais a sua estratégia do que ajudando.

O usuário não pode ter muitas opções dentro dessa página, ela precisa ser única e apontar para um único lugar, por isso a indicação de uma página única, sem a utilização de menus e com o conteúdo disponibilizado em forma de rolagem.

Estudos de neuromarketing apontam que páginas que utilizam setas apotando para o botão de conversão tem um aumento de 30% em seus resultados.

Vale o teste, não acha?

 

#Dica 2 – Distrações jamais

Quando criar uma landing page evite toda e qualquer tipo de distração.

Não utilize menus, links de saída ou qualquer coisa que possa desviar a atenção do seu usuário. Tudo deve estar voltando para o botão de conversão, com o único objetivo de que ele clique ali.

Coloque toda e qualquer informação dentro da página, seja o vídeo de vendas, o conteúdo escrito, prova social e o que mais julgar necessário.

O único link de saída que deve existir é o do botão de call to action para que o usuário realize a conversão, mais nada!

 

landing-page

 

#Dica 3 – Atrair pelo conteúdo de valor

O conteúdo de sua página precisa estar claro, simples e totalmente objetivo. Se você atraiu esse usuário por um assunto, mantenha a coerência e dê o que você informou.

Se o usuário entrou na sua página é porque ele deseja ter a informação exata, não algo diferente.

Quando você não oferece o que prometeu, acaba elevando a sua taxa de rejeição as alturas e temos a certeza de que você não quer que isso ocorra de forma alguma, não é mesmo?

Não tem segredo, aborde o assunto proposto no assunto e nos títulos, assim não tem como errar.

 

#Dica 4 – Nunca formulários com muitos itens para preenchimento

Não tem coisa mais chata no universo do que aqueles formulários que pedem até o número do passaporte. Isso acaba fazendo com que o usuário desista do preenchimento e vá embora.

Tome muito cuidado com isso! Coloque as mínimas opções possíveis, dessa forma fica mais simples e ágil o preenchimento. Solicite apenas as informações que você precisar, como por exemplo, nome e e-mail.

Em uma outra oportunidade, quando ele já estiver mais familiarizado com você e com a sua marca, ai sim você pode solicitar mais informações para conhecer melhor o seu perfil. Antes disse, foque no básico.

 

#Dica 5 – Versão mobile

Nós aqui do Mestre do Ads batemos muito na tecla na adaptação para mobile, isso porque 50% de todos os acessos da internet brasileira já vem por meio desses dispositivos, e com toda a certeza, ainda vão crescer muito mais.

As marcas que valorizam esse tipo de acesso e facilitam a usabilidade do usuário acabam ganhando muito pontos, o que reflete em melhores resultados.

Tenha uma versão mobile, isso irá te ajudar muito.

 

O que achou das dicas? Ficou com alguma dúvida ou tem algo que queira nos perguntar?
Pode fazer, estamos ansiosos para te ajudar e fazer com que você cresça mais rapidamente!

Volte sempre por aqui, esse espaço foi feito para você!

Até a próxima oportunidade e muito sucesso!

 

 

 

 

Compartilhar.

Uma semana de aulas ao vivo para você aprender a vender mais com anúncios no Google, Facebook, YouTube e Instagram - As maiores ferramentas de vendas da internet.

Cadastre-se abaixo para participar: