Além da presença no contato pessoal, atualmente, as empresas prezam pela presença virtual, como forma de estarem mais perto de seus clientes e captarem novos leads.

Por outro lado, não basta apenas estar presente em todos os meios de comunicação mais solicitados atualmente. É necessário que haja também um engajamento no conteúdo que está sendo apresentado.

Por isso, nós, do Mestre do Ads, criamos esse artigo. Nós queremos lhe mostrar porque é tão difícil criar um conteúdo relevante e a partir disso te ajudar a entregar algo de maior qualidade.

Vamos juntos?

 

como-escrever-conteudo-relevante-qualidade

 

#1 – Conteúdo direcionado para o seu público alvo

Quando a marca quer se comunicar com o seu público-alvo, é necessário criar um conteúdo que esteja altamente direcionado especificamente a ele.

Nas redes sociais, em demasiado Facebook, Instagram, Twitter, Blogs, todo o conteúdo deve ser direcionado para o seu público.

É claro, interessante você também poder entregar alguns dados relevantes à sua empresa, como forma de mostrar a sua marca, o seu tipo de negócio. Mas essas informações devem representar uma pequena parcela de informações, algo em torno de 10 % do conteúdo todo.

Muitas empresas, não conseguem apresentar um conteúdo relevante, pois apresentam informações rasas, que não atendem a necessidade do seu cliente.

Assim, é necessário que todo o levantamento de dados da sua pesquisa, seja compatível com o seu objetivo e entendimento do público alvo.

Só assim, você conseguirá direcionar e ter um conteúdo relevante para os seus clientes.

#2 – Crie com frequência

Para que o seu público alvo se sinta parte do seu conteúdo, você além de escrever algo relevante, que o atinja de forma correta e eficaz, é necessário que haja uma frequência nas postagens.

Quando falamos em frequência, não quer dizer que você tenha que escrever 5 vezes por dia, não é isso.

É escrever toda semana e em alguns dias da semana. Importante avaliar quais são os dias e horários em que seus conteúdos são altamente influenciadores para o seu público.

Lembrando que, de nada adianta ter a proposta de disponibilizar conteúdos todos os dias ou alguns dias da semana, se não há materiais relevantes ou novidades.

Realize uma pesquisa de campo, para saber quais são os temas a serem abordados, e a necessidade de dias e horários para a comunicação ser posta em prática.

Assim, você conseguirá captar a atenção e o interesse do seu público alvo para a leitura do seu conteúdo, que falará diretamente com ele.

 

lendo-artigo-relevante

 

#3 – Post de um assunto

Depois de haver a delimitação dos dias e horários que serão apresentados os conteúdos relevantes, é hora de você estabelecer quais é/são o/os assuntos a serem abordados.

Você pode realizar essa divisão por dia, semana, quinzenal e mensal. É importante, que sempre haja um planejamento por trás do assunto, conteúdo a ser abordado.

O seu público alvo se interessa em ter assuntos relevantes e que falem exclusivamente sobre ele em algum dia.

Exemplo:

  • Terça feira a empresa que é do setor de vestuário feminino, escreverá um conteúdo sobre roupas para verão.

Ou seja, na terça feira, o blog e/ou demais redes sociais, abordarão conteúdos exclusivamente sobre roupas para verão.

Dessa forma, o seu cliente terá foco no assunto apresentado por você, sem quaisquer tipos de confusões que o desinteresse.

 

como-escrever-conteudo-relevante-qualidade

 

#4 – Conteúdo em formato padrão

O seu cliente, seu público alvo, não repara apenas no conteúdo apresentado, mas sim na disposição, layout de apresentação.

As características visuais impactam e muito na “imagem” que o cliente tem sobre sua empresa. Quando uma apresentação de conteúdo não está bem feita, ele deixa de ser relevante para o seu cliente.

Isso porque, antes de qualquer pessoa ler um conteúdo, o que mais chama a atenção é a parte visual.

Por exemplo:

Se a parte visual não apresentar uma boa estruturação de texto, com:

  • Títulos em tamanhos legíveis
  • Subtítulos que iniciam uma apresentação de uma parte do texto.
  • Imagens de boa qualidade
  • Espaçamentos entre um subtítulo e outro.

Certamente, o seu cliente se sentirá perdido e não terá uma cativação por parte da empresa.

Uma forma de apresentar uma boa estruturação é a divisão de tópicos que facilitem a leitura do seu público alvo no texto, por exemplo.

Um layout clean, sem muitas invenções de estilização, torna a sua apresentação sucinta e clara, sem deixar de ser atraente e agradável.

#5 – Converta o seu cliente

Certamente você espera que, além da participação sob o consumo de seus conteúdos, o cliente também se torne ávido e fiel nessa prática, certo?

Para que isso ocorra, é interessante você apresentar em seu site/blog ou quaisquer canais, um formulário, um questionário, ou simplesmente um campo, que o cliente consiga fornecer informações como: nome e e-mail para que ele assine e receba toda notificação de conteúdo novo.

Essa é uma ferramenta estratégica utilizada para converter o seu cliente, torná-lo fiel e participação nos seus conteúdos, fazendo com que fique relevante para ele e para você também.

 

Acima, apresentamos para vocês as ferramentas que vão tornar o seu conteúdo relevante. Como podem observar a maior das dificuldades em ter um conteúdo relevante, é seguir os passos listados acima.

Não basta ter apenas um site, blog ou mídia sociais, é necessário uma alimentação de informações, e planejamento estratégico para que tudo flua de maneira correta e eficaz.

Dessa forma, você precisa conhecer sempre a fundo o seu público alvo, e utilizar de todas as ferramentas disponíveis para atrair o seu cliente.

Postar assuntos de maneira clara e objetiva, sempre estabelecendo um planejamento do assunto que será abordado, sem misturar abordagens, é uma das informações de maior relevância para um conteúdo de qualidade.

Infelizmente, muitas empresas ainda têm dificuldade em estabelecer esses fatores, visto que tem por crença, a necessidade de expor de tudo um pouco e em qualquer momento, pois assim, estarão fornecendo maior número de informações possíveis para o seu público-alvo.

  • Como vimos ao longo desse material, não é assim que funciona, não é mesmo?

O cliente quer as suas necessidades atendidas, mas de maneira clara e objetiva, sem possibilidade de confusão ou excesso de informações.

Aquele ditado, menos é mais, se aplica facilmente no conteúdo relevante.

Esperamos ter lhe ajudado! Alguma dúvida? Escreva para nós.

Forte Abraço.

Compartilhar.