Está pensando em anunciar seus produtos ou serviços no Google, mas não sabe por onde começar?

Então pode se tranquilizar, pois você chegou ao lugar certo. Acredite! Se você estava angustiado por não encontrar as respostas que tanto procurava, a sua espera por informações de qualidade chegou ao fim.

Hoje, através desse conteúdo, eu vou lhe entregar tudo sobre quais são os primeiros passos para anunciar no Google. Você não deve ficar preocupado, pois eu escolhi uma estruturação bastante didática, portanto você não terá dificuldades para entender os processos, acredito que você aprenderá tudo de maneira simples e objetiva.

Ficou interessado? Então vamos começar!

 

Anunciar no Google,

 

O Que eu Posso Anunciar no Google?

Eu sei que, se você está iniciando nesse universo do marketing digital agora, uma das suas dúvidas mais fortes diz respeito à questão que intitula esse tópico, não é verdade?

Se você tivesse ao meu lado neste momento, você me perguntaria:

  • Tiago, eu posso anunciar tudo o que eu quiser no Google?

Acertei? Bom, a resposta é muito menos complexa do que você imagina. Vamos a ela.

Sim, você pode anunciar a grande maioria das coisas que você desejar. Claro, existem regras como tudo e qualquer coisa, porém o Google é bastante livre quanto a isso, pois o principal foco dele é trazer uma melhor experiência para o usuário e, portanto quanto maior a variedade de negócios, produtos e serviços presentes na internet, melhor a experiência do usuário. Concorda?

Por outro lado, o Google também se preocupa com o que chega ao público, vedando qualquer sombra de problemas e riscos. Por exemplo, você não poderá anunciar nada que na visão do Google, induza o usuário ao erro ou o engane.

Anunciou e o Google julgou uma tentativa de fraude? Ele barrará a sua campanha.

Coisas como vender drogas ilícitas, armas em situação ilegal, serviços piratas, entre outras coisas ilegais, não poderão ser anunciadas.

Conseguiu entender a ideia? Tirando esse tipo de coisa, você poderá anunciar o que desejar.

Dica Matadora: Procure pelo termo de uso e política de privacidade do Google Ads, lá você conseguirá ter um bom panorama sobre o que você pode ou não praticar.

Agora que essa dúvida, que poderia travar o seu processo de iniciação com as campanhas, já foi trazida à tona e respondida, vamos aos primeiros passos para anunciar no Google? Sugiro que você anote as principais informações que julgar importante, pois esse ato lhe ajudará no momento da implementação.

 

Anunciar no Google Passo #1 – Pesquise o Seu Nicho

Se você quer começar anunciar no Google de maneira lucrativa, um dos primeiros passos que você deve dar é em direção ao seu nicho.

Não que você já não o conheça, mas você precisa saber que o seu mercado pode se apresentar um tanto quanto diferente na versão online. Ok?

Ao pesquisar o seu nicho na versão online, você deve procurar responder, de modo verdadeiro, ao menos, as seguintes perguntas:

  • Quem são os meus concorrentes?
  • Quais são as principais práticas deles ao anunciar no Google?
  • O que você pode fazer para se diferenciar e se destacar?
  • O seu público está na internet? (Dificilmente não estará, visto que a internet é extremamente abrangente por todo o mundo).

Depois de encontrar essas respostas, você deve avançar um pouco mais e fazer um outro tipo de estudo que vamos ver no passo seguinte. Vamos a ele?

 

Anunciar no Google

 

Anunciar no Google Passo #2 – Estude Seu Público Alvo

Um dos principais erros ao anunciar no Google provém, principalmente, de quem está iniciando nessa jornada.

Tem de ideia de qual seja esse erro? Não? Então eu te conto:

  • O principal erro do novo anunciante do Google é pensar que o seu público são todas as pessoas que habitam a internet.

Não! Como você sabe, nem todo mundo é igual, pelo contrário, as pessoas se diferenciam muito, principalmente, em questão de preferências, gostos, dores, comportamentos, desejos, necessidades, entre outras coisas.

Com isso, é impossível que todas as pessoas que estão na internet, sejam parte do seu público alvo. Concorda?

Eu coloquei esse como segundo passo, não foi à toa. Isso porque o seu público alvo é um dos principais responsáveis pelo resultado do seu desempenho, ou seja, responsável pelo sucesso ou fracasso dos seus negócios.

Ciente disso, você deve ter muito empenho em conhecer o seu público alvo. Esse estudo profundo para descobrir qual é a persona do seu negócio é de extrema importância, portanto deve ser feito com cuidado e recheado de detalhes.

Quando falamos em anunciar no Google, independente de qual seja o objetivo da campanha, ou seja, vendas, posicionamento de marca, captação de leads, geração de engajamento, entre outras. Temos que ter em mente que os seus anúncios estão sendo veiculados para atingir alguém. Não é mesmo?

E o que teria poder para atingir esse público em específico? É essa resposta que você deverá encontrar.

Ao estudar o seu público alvo, você deve buscar por:

  • Qual idade predominante do seu público?
  • Qual a localização predominante do seu público?
  • Quais são as principais características de consumo?
  • Dores, desejos, sonhos e necessidades do público?
  • Qual o gênero principal do seu público.

Entre outras questões que podem influenciar no poder de suas campanhas. Ao final, você deve ter em mãos um perfil específico aparente, pois será com base nisso que você estruturará os seus anúncios.

Tudo entendido? Vamos em frente.

 

Anunciar no Google Passo #3 – Conheça o Ads à Fundo

Eu não sei se você sabe, mas a plataforma de anúncios do Google é o Ads, uma ferramenta incrível e completa para que você crie suas campanhas com autonomia e precisão.

O Ads te proporciona uma porção de possibilidades, trazendo configurações de campanhas variadas para atingir os mais diversos públicos.

Uma das coisas mais fortes da plataforma é a força de segmentação que ela disponibiliza ao anunciante. Segmentação essa que é muito importante para que você atraia só o público que lhe interessar, assim como eu lhe disse acima.

Por exemplo:

  • O Ads apresenta configurações capazes de restringir o seu público por região, por idade, por sexo, por gênero, por comportamento e etc.
  • O Ads possibilita que você trabalhe com listas negativas de palavras-chaves.
  • O Ads lhe oferece a opção de trabalhar com remarketing, ou seja, campanhas ainda mais segmentadas para captar o público que já teve o primeiro contato com o seu negócio, mas ainda não converteu.

Como se já não bastasse tamanho controle em mãos, o Ads ainda tem um sistema de cobrança com ótimo custo benefício. Funciona mais ou menos assim:

  • Você cria a sua campanha e define as palavras-chaves que deseja utilizar.
  • Ao escolher essas palavras-chaves, você visualizará quanto deverá pagar pela utilização delas.
  • Você determinará qual tipo de ação feita pelo usuário que será considerada como conversão. Existem diversas opções, mas vamos considerar que você tenha determinado que a sua conversão é o Clique.
  • A partir dessa definição o Google só começará a descontar do seu orçamento quando o usuário clicar no seu anúncio, ou seja, ele só cobrará de você, quando o seu usuário realizar a conversão.
  • O seu sistema de cobrança será baseado no CPC (Custo por Clique).

Incrível não é mesmo?

Olha, se eu fosse falar tudo sobre o Ads aqui, nós conversaríamos durante horas e horas e mesmo assim não conseguiríamos falar sobre tudo.

 

Anunciar no Google.

 

É por isso que eu lhe aconselho a conhecer profundamente o Ads, pois se você souber utilizá-lo de forma assertiva, você conseguirá ter resultados positivos e ganhos imensuráveis. Posso te garantir o que eu acabo de lhe dizer por experiência própria.

Dica Matadora: Aqui mesmo no Blog, você encontrará diversos materiais a respeito dessa plataforma maravilhosa. Aproveite!

Pronto! Agora você já sabe quais são os primeiros passos para anunciar no Google de forma positiva e segura. Se eu pudesse te dar um conselho, diria para que você não perdesse mais tempo e começasse agir agora. Quando antes você iniciar as suas atividades, mais rápido você atingirá os seus objetivos.

Como eu sempre digo: “Amanhã você desejará muito ter começado hoje”.

Espero que você tenha aproveitado imensamente esse conteúdo, que eu tenha sido claro, objetivo e, sobretudo, relevante para você.

Alguma dúvida surgiu em sua mente no decorrer do conteúdo? Então venha falar comigo, deixe sua pergunta pelas redes sociais ou abaixo no formulário de comentários, terei enorme prazer em lhe responder.

Desejo-lhe sucesso sempre, a gente se vê por aí!

Forte Abraço.

 

Compartilhar.