Anunciar no Google Ads é uma das grandes facilidades dos tempos modernos, isso porque é uma ferramenta descomplicada e totalmente adaptável á qualquer tipo de negócio. No entanto, por já ter dados diversas palestras e estar sempre trabalhando com cursos que abordam esse assunto, sei que para quem está iniciando é bem complicado dar os primeiro passos.

Visando ajudar você que está começando, preparei um super conteúdo sobre anunciar na rede de pesquisa do Google. Como já deve saber, existe basicamente 3 formas de anunciar que são: A rede de display, a rede de pesquisa e o Youtube.

Já falei muito nas diferentes formas e estratégias de anunciar no Youtube e também desenvolvi um conteúdo completo com dicas de como anunciar na rede de display. Sendo assim, o conteúdo de hoje irá abordar unicamente a rede de pesquisa.

 

Anunciar na rede de Pesquisa do Google,

 

Você pode me perguntar nesse momento: “Tiago, qual a diferença entre as 3 formas de anunciar?”

Bom, anunciar no Youtube é colocar a sua campanha para aparecer dentro da plataforma de vídeos, ou seja, aquele banner que aparece logo em baixo do vídeo ou aquelas propagandas que podem ser puladas que sempre surgem antes, durante ou depois do play, sabe?

Anunciar na rede de display é liberar que seus anúncios apareçam em blogs parceiros do Google. Sabe quando você faz uma busca por produtos ou serviços e depois fica vendo diversos anúncios sobre o assunto em tudo quanto é lugar? Pois então, são ações de remarketing aparecendo na rede de display.

Já a rede de pesquisa é a busca do Google mesmo.  Quando você vai lá na barra de busca, os primeiros resultados sempre aparecem em destaque, pois são campanhas de links patrocinados. E é justamente nesse local que quero lhe ensinar a estar.

Não pense que basta apenas pagar para estar ali, pois não é assim. A concorrência é alta e alguns macetes precisam ser usados para conseguir melhores resultados.

Vamos às dicas, então?

 

#Dica 1 –  Atenção no Tamanho dos Anúncios

Um dos pontos mais importantes de anunciar na rede de pesquisa do Google é ficar atento ao tamanho do conteúdo. Muitos anunciantes reclamam pelo espaço limitado que a plataforma oferece e é realmente pouco, porém o suficiente para que o usuário seja impactado.

São exatos:

  • 25 caracteres para o título no anúncio;
  • 35 caracteres para o conteúdo da linha 1;
  • 35 caracteres para o conteúdo da linha 2;
  • 35 caracteres para serem usados na URL de visualização;
  • Até 1024 caracteres para a URL de destino.

Note que os espaços são bem delimitados e definidos, então você precisará trabalhar muito bem as informações passadas para que nada fique vago. O ideal é que você estude um jeito de vender a sua ideia logo de cara, assim fica fácil impactar um maior número de pessoas.

 

#Dica 2 – Usando marca registrada

Muitos anunciantes acreditam que se fizerem uso de marcas registradas irão conseguir destaque ao anunciar na rede de pesquisa do Google. Claro que, de certo modo, eles têm razão, pois utilizar um nome que tenha autoridade no mercado, faz com que suas campanhas se tornem mais relevantes, porém isso pode atrapalhar bastante.

Não é de hoje que vejo muitas campanhas sendo reprovadas por usarem marcas de terceiros que não permitem esse tipo de publicidade. A Apple, por exemplo, é uma delas que não concede permissão de forma alguma. O que você pode tentar ao anunciar uma marca é entrar em contato com a equipe do Google e verificar a possibilidade deles solicitarem essa autorização, porém nada é garantido.

Uma outra alternativa é tentar fazer o contato diretamente com a marca, explicando que você é um revendedor.

 

Anunciar na rede de Pesquisa do Google

 

#Dica 3 – Cuidado com os Direitos Autorais

O Google é bastante exigente nesse sentido, então se você acha que pode cometer algum tipo de pirataria ao anunciar na rede de pesquisa do Google, já pode ir pensando em outra estratégia, pois essa não terá sucesso.

Não é permitido anunciar DVDs, CDS, cursos, programas e até mesmo e-books sem ter autorização prévia de seu idealizador. Caso você tenha, sem problema então, basta que seja mostrada quando solicitada e pronto!

É o caso que ocorre com muitos afiliados que anunciam o produto para incentivar as suas vendas, porém tudo é devidamente autorizado pelo produtor.

Se você quer saber um pouco mais sobre o assunto acesse > https://support.google.com/adwordspolicy/answer/6018015?rd=1

 

#Dica 4 – Diferenças entre URL de visualização e destino

As duas são necessárias e obrigatórias para anunciar na rede de pesquisa do Google. No entanto, muitos anunciantes acham que elas precisam ser iguais e não é bem assim. Elas não precisam ser, necessariamente iguais, o que precisam é pertencer ao mesmo domínio.

Entender a diferença é bem simples, a URL de visualização serve para indicar de forma clara qual é o site que a pessoa irá ao clicar em seu anuncio. É uma forma de agregar autoridade, pois você está mostrando que aquele anúncio pertence a uma marca.  Essa sim, pode ser a home do site.

Já na URL de destino é um pouco mais especifica e deve levar o usuário à exata página do site do qual o anuncio se destina. Isso é um importante fator de ranqueamento, por isso deve ser levado á serio.

Colocar a home como a URL de destino, só cabe se você desejar anunciar na rede de pesquisa o seu site para a geração de tráfego, ai sim até caberia a escolha da URL, porém para outras finalidades é considerada um erro e tira pontos em seu índice de qualidade.

 

# Dica 5  – Escolha das palavras chaves

Assim como na rede de display ou no Youtube, anunciar na rede de pesquisa irá exigir uma escolha consistente das palavras chaves, pois será através delas que o seu anuncio será posicionado.

Por esse motivo, faça um bom estudo das palavras chaves, sempre com a preocupação de escolher termos que façam relação com o seu nicho de atuação, pois dessa forma, você consegue conectar-se com seu público alvo.

Procure usar palavras chaves mais focadas e deixar de lado as mais amplas, pois podem gerar um número alto de cliques inválidos.

 

Anunciar na rede de Pesquisa do Google.

 

#Dica 6 – Texto do Anúncio

Para você que quer chamar a atenção ao anunciar na rede de display do Google,  elaborar um conteúdo para a sua campanha atraente é o primeiro passo para um número alto de conversões.

Pense comigo, ao aparecer na rede de pesquisa, você está disputando espaço com mais 2 ou 3 anunciantes de links patrocinados, além de toda a página de busca orgânica, logo você precisa de destaque para ser clicado.

 

#Dica 7 –  Atente-se ao índice de qualidade de seu anuncio

Em um momento do texto, eu acabei citando rapidamente o índice de qualidade do Google, então acho importante explicar um pouco mais.

Bom, o índice de qualidade é uma espécie de nota que o Google Ads dá a suas campanhas, baseada na taxa de cliques e conversão. E como se fosse uma nota de qualidade, pois com essa avaliação é possível saber se o seu anuncio está ajudando o usuário ou não.

Sabendo disso, sempre que for anunciar na rede de pesquisa do Google, faça uma campanha baseada no interesse do usuário, entregando todas as informações que eles desejam saber. Procure nunca enganar ou mentir, pois isso tira pontos de sua nota.

 

Agora temos conhecimento dos principais macetes de anunciar na rede de pesquisa doo Google, então já está pronto para começar?

Como última informação, anunciar na rede de pesquisa é um ótimo jeito de fazer publicidade gastando pouco, pois o custo por clique tende a ser mais barato do que em outras modalidades. E mais, é uma ótima forma de você avaliar os horários de maior número de cliques, as melhores palavras chaves e detalhes que ainda não conhece sobre o seu negócio.

Tem alguma dúvida sobre o assunto que deseja me perguntar?

Deixe seu comentário que irei responder pessoalmente!

Boas conversões!

Forte abraço!

Compartilhar.